Stacy Revere/AFP
Stacy Revere/AFP

Com homenagem a Kobe Bryant, Time LeBron vence All-Star Game; Kawhi Leonard é MVP

Partida teve várias mudanças em memória ao jogador morto em acidente de helicóptero no último dia 26

Redação, Estadão Conteúdo

17 de fevereiro de 2020 | 09h00

Com muita competitividade, emoção e jogadas memoráveis, o All-Star Game da NBA fez história neste domingo no ginásio United Center, em Chicago. Depois de mudanças nas regras do jogo para homenagear Kobe Bryant, morto em um acidente de helicóptero no último dia 26 junto com sua filha Gianna e outras sete pessoas, e premiar instituições educacionais de Chicago, o duelo teve a vitória do Time Lebron sobre o Time Giannis por 157 a 155.

Cestinha da partida com 30 pontos e mais de 50% de aproveitamento nos arremessos de três (oito em 14 tentativas) em apenas 20 minutos de ação, Kawhi Leonard, do Los Angeles Clippers, foi o primeiro jogador da história a receber o Troféu Kobe Bryant de MVP do All-Star Game. "Palavras não podem descrever o momento. Conseguir ser o primeiro a receber o troféu Kobe Bryant de MVP. Quero agradecer ao Kobe por tudo que ele fez por mim. Por todas as longas conversas e treinos. Obrigado! Esse aqui vai pra ele!", disse.

Além de Kawhi Leonard, os destaques do Time LeBron ficaram por conta do capitão, LeBron James, do Los Angeles Lakers, que terminou a partida com 23 pontos e seis assistências, e Chris Paul, do Oklahoma City Thunder, que também fechou o jogo com 23 pontos e seis assistências. Anthony Davis, do Lakers, também teve partida destacada, contribuindo com 20 pontos, nove rebotes e o último ponto da noite, que decretou a vitória de sua equipe.

Pelo Time Giannis, Giannis Antetokounmpo teve um primeiro tempo arrasador e terminou a partida com 25 pontos e 11 rebotes. Atrás do grego do Milwaukee Bucks, Kemba Walker, do Boston Celtics, apesar dos erros nos últimos minutos, foi bem, registrando 23 pontos. Joel Embiid, do Philadelphia 76ers, com 22 pontos e 10 rebotes, Rudy Gobert, do Utah Jazz, com 21 pontos e 11 rebotes em 19 minutos, e Trae Young, do Atlanta Hawks, com 10 pontos e 10 assistências, também tiveram grandes aparições.

O novo formato criou um cenário em que o último período foi eletrizante - depois de dois dos três quartos com vitória do Time Giannis -, com os times brigando posse a posse, ponto a ponto pela vitória. Tanto que o triunfo veio em um lance livre de Anthony Davis.

Com 133 a 124 no placar para o Time Giannis, o placar alvo para o fim ficou em 157 (133+24). Quem chegasse neste placar primeiro, ganharia a partida. Depois de uma grande escalada no placar, o Time LeBron virou o jogo para 156 a 153, após infiltração e enterrada de LeBron James, e ficou a uma cesta da vitória. Na posse seguinte, lances livres para Joel Embiid, que colocou os dois e deixou a equipe de Giannis a uma cesta da vitória também.

Com tempo pedido e jogada com tempo para execução, LeBron James esperou a situação de desequilíbrio defensivo após bloqueios fora da bola e lançou embaixo da cesta para Anthony Davis contra Kyle Lowry, que foi obrigado a fazer a falta. Após erro e susto no primeiro lance livre, o ala/pivô dos Lakers acertou o segundo e deu números finais a um dos All-Star Games mais emocionantes dos últimos anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.