Arquivo/AE
Arquivo/AE

Com NBA em greve, Besiktas negocia com o astro Kobe Bryant, dos Lakers

Jogador teria pedido um salário de 700 mil euros (R$ 1,55 milhão) por mês ao clube turco

AE-AP, Agência Estado

21 de julho de 2011 | 11h05

ANKARA - O Besiktas admitiu nesta quinta-feira que está negociando com o astro da NBA, Kobe Bryant. O ala-armador do Los Angeles Lakers atuaria na equipe de basquete turca caso a greve da liga profissional norte-americana da modalidade impeça que a próxima temporada seja disputada normalmente.

"É um fato que os agentes do Kobe Bryant contactaram-nos", afirmou o técnico Ergin Ataman. Para fechar com o jogador, o treinador admitiu que a equipe turca, que já conta com Allen Iverson em seu elenco, precisaria de um patrocinador capaz de pagar seu salário. "Nossa direção fará uma avaliação disso", completou.

O jogador teria pedido um salário de 700 mil euros (cerca de R$ 1,55 milhão) por mês. Caso ele acerte sua transferência, será o segundo jogador da NBA contratado pelo Besiktas para o período de greve na liga norte-americana. Há uma semana, a equipe anunciou o acerto com o armador Deron Williams, do New Jersey Nets.

Tido como um dos principais jogadores da NBA depois de Michael Jordan, Kobe Bryant já conquistou cinco títulos da liga, sempre com o Los Angeles Lakers, além de ter sido chamado 13 vezes para o All Star Game - o Jogo das Estrelas.

Tanto o possível acerto do ala-armador quanto o contrato de Deron Williams com o Besiktas só terão validade se a greve da NBA, causada pela falta de acordo financeiro entre os jogadores e os donos das franquias, comprometer o início da próxima temporada, previsto para outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.