João Pires/Divulgação
João Pires/Divulgação

Com presença de Magnano, Pinheiros ganha pelo NBB

Equipe paulistana melhora na competição, agora com cinco vitórias em nove partidas disputadas

AE, Agencia Estado

22 de janeiro de 2010 | 23h02

Sob os olhares do argentino Rubén Magnano, apresentado oficialmente nesta sexta-feira como novo treinador da seleção brasileira masculina, o Pinheiros/Sky (SP) conseguiu uma importante vitória pela 11.ª rodada do Novo Basquete Brasil (NBB). O time paulistano bateu o Palmeiras/Lupo/Araraquara (SP) por 93 a 84, em São Paulo.

Veja também:

linkOtimista, Magnano assume seleção brasileira de basquete

Os norte-americanos Shamell e Jamison Brewer, ambos do Pinheiros, foram os cestinhas da partida com 24 e 23 pontos, respectivamente. O pivô Olivinha também contribuiu para o time vencedor com um duplo-duplo - 12 pontos e 10 rebotes. Pelo Araraquara, o pivô Deivisson teve uma boa atuação com 12 pontos e 12 rebotes.

O Pinheiros chegou à quinta vitória no NBB, em nove disputados. "Nosso time vem fazendo isso. Fazemos um primeiro tempo devagar, mas quando pegamos o ritmo a gente vira. Melhoramos bastante no último quarto e ganhamos porque marcamos muito bem", afirmou Shamell.

Em Vitória, o Vila Velha/Cetaf/Garoto/UVV (ESP) foi o grande vencedor do clássico capixaba. Jogando em casa, o Cetaf superou o Guaraná Antártica/Vitória/Saldanha da Gama (ES) por 76 a 60. O norte-americano McNeil foi o principal jogador do duelo - marcou 22 pontos e pegou 10 rebotes. Seu compatriota Stevens também teve um bom desempenho, com 16 pontos e sete rebotes.

"Essa vitória tem um sabor diferente, em virtude da rivalidade entre as duas equipes. O Vila Velha mostrou uma qualidade muito boa de jogo. Estivemos na frente durante os 40 minutos", afirmou o presidente do Cetaf, Luiz Felipe Azevedo. "Saldanha e Cetaf não é mais um clássico regional. É um clássico nacional. O basquete capixaba ganha muito com isso", completou.

No Rio de Janeiro, o Flamengo (RJ) venceu a segunda partida consecutiva no NBB. Desta vez, o time rubro-negro derrotou o GRSA/Itabom/Bauru (SP) por 107 a 90. O ala Marcelinho Machado foi o grande nome da partida. Pela primeira vez, após a lesão na mão esquerda, o jogador teve um bom desempenho com 28 pontos, seis rebotes e cinco bolas recuperadas. Pelo lado do Bauru, o armador norte-americano Larry Taylor foi o destaque com 23 pontos.

Já o Campos do Conde/Sercomtel/Londrina (PR) foi o único time que não fez prevalecer a vantagem de jogar em casa. Os paranaenses fizeram uma partida muito equilibrada diante do Pitágoras/Minas (MG), mas no último quarto foi superada por 87 a 78.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.