Ozan Kose/AFP
Ozan Kose/AFP

Com show de Dragic, Eslovênia ganha Europeu de Basquete pela 1ª vez

Jogador do Miami Heat na NBA marca 35 pontos em vitória sobre a Sérvia, por 93 a 85

Estadão Conteúdo

17 de setembro de 2017 | 22h16

Impulsionado principalmente por uma grande atuação de Goran Dragic, jogador do Miami Heat na NBA, a Eslovênia venceu a Sérvia por 93 a 85, neste domingo, em Istambul, na Turquia, e conquistou pela primeira vez em sua história o título do Europeu Masculino de Basquete.

Ao triunfarem nesta decisão entre dois países que faziam parte da extinta Iugoslávia, os eslovenos coroaram uma campanha histórica também pelo fato de que o troféu veio de forma invicta. Foram nove vitórias em nove partidas na competição.

Grande nome da decisão, Goran Dragic marcou 35 pontos e foi o cestinha do confronto. Para completar, ajudou a sua seleção com sete rebotes e três assistências. Klemen Prepelic, com 21 pontos, foi outro destaque da vitória da Eslovênia, que ainda contou com 11 pontos contabilizados por Anthony Randolph. 

Pelo lado sérvio, o maior destaque ofensivo foi Bogdan Bogdanovic, com 22 pontos, enquanto Macvan veio pouco atrás pelos novos vice-campeões europeus, com 18.

Curiosamente, Dragic ficou fora dos últimos quatro minutos do jogo por causa de fortes cãibras. Ele vinha tendo um desempenho ruim no último quarto do duelo e precisou ser substituído, mas antes disso brilhou principalmente no segundo período da partida, no qual marcou 20 dos 36 pontos eslovenos e foi decisivo para que a primeira metade do confronto terminasse com seu país liderando o placar por 56 a 47.

Horas antes da final, a Espanha assegurou a terceira posição do Europeu ao vencer a Rússia, também pelo placar de 93 a 85, no jogo que marcou a aposentadoria do capitão Juan Carlos Navarro da seleção do país. O astro Pau Gasol, que defende o San Antonio Spurs na NBA, se destacou com 26 pontos para os espanhóis.

Tudo o que sabemos sobre:
basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.