CELIO MESSIAS/ESTADÃO
CELIO MESSIAS/ESTADÃO

Com um orçamento enxuto, aposta nos garotos da base

João Pedro e Antônio são destaques formados em casa

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

12 de março de 2017 | 07h00

Apesar do aporte financeiro do Magazine Luiza, principal empresa da cidade, do apoio da prefeitura e de parceiros pontuais, Franca adota uma política de austeridade e isso se refletiu na montagem do elenco. Dono do nono orçamento entre os 15 times do NBB, Helinho mesclou um grupo de jogadores experientes, como Cipolini, Dedé e Coelho, com jovens das categorias de base, onde o clube tem parceria com o Sesi.

Campeões da Liga de Desenvolvimento de 2016 (em sua sexta edição), João Pedro (21 anos) e Antônio (23) foram apostas do treinador que deram certo. Os garotos chegaram ao clube adolescentes, aprenderam como lidar com o peso da tradição de Franca e, após quase serem dispensados antes do início da temporada, demonstraram que podem ser importantes para a equipe.

João Pedro tem médias de 5,5 pontos e de três rebotes. "Temos aqui uma energia que não vou achar em outro lugar. As pessoas te param na rua e falam que viram um jogo do sub-22 que você nem imagina. Quem joga aqui precisa valorizar isso", disse o ala/pivô, que veio de Santos para Franca aos 15 anos. 

"Quando o Coelho (armador) chegou, ficou surpreso porque o clima é diferente de qualquer outro time que ele jogou", afirmou Antônio, que mudou da cidadezinha vizinha Peixoto para Franca aos 12 anos. O ala/pivô tem médias de 8,5 pontos e de 3,8 rebotes na NBB.

Tudo o que sabemos sobre:
BasqueteFranca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.