Mark J Terril/AP
Mark J Terril/AP

Com vitória, Jason Collins é 1º gay declarado a atuar na NBA

Pelos Brooklin Nets, pivô participou da partida contra os Los Angeles Lakers

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2014 | 09h41

LOS ANGELES - Jason Collins se tornou na noite de domingo o primeiro jogador declaradamente gay a participar de um jogo das quatro principais ligas esportivas dos Estados Unidos ao fazer a sua estreia pelo Brooklyn Nets na NBA. O pivô, de 35 anos, entrou em quadra após assinar um contrato de dez dias com a sua nova equipe.

Collins participou da vitória do Nets por 108 a 102 sobre o Los Angeles Lakers, fora de casa, e teve atuação discreta nos dez minutos em que permaneceu em quadra. Sem anotar pontos, o pivô obteve dois rebotes e cometeu cinco faltas.

No final da última temporada, em que defendeu o Boston Celtics e o Washington Wizards, Collins revelou a sua opção sexual, mas desde então era um agente livre e não havia assinado contrato com qualquer equipe. O Nets, então, decidiu apostar no pivô, que atuou pela equipe em sete temporadas, quando o time ainda era baseado em New Jersey e se classificou para duas finais da NBA.

Além da histórica estreia de Collins, o Nets também contou com as boas atuações de Deron Williams, cestinha do duelo com 30 pontos, Paul Pierce, que anotou 25, e Andrei Kirilenko, que somou dez pontos e dez rebotes, para vencer. O Nets ocupa a sexta colocação na Conferência Leste da NBA, com 26 vitórias e 28 derrotas.

O espanhol Pau Gasol foi o principal destaque do Lakers ao anotar 22 pontos e obter 11 rebotes na partida. O time de Los Angeles faz péssima campanha nesta temporada e está em último lugar no Oeste, com apenas 19 triunfos em 56 jogos.

Já o Washington Wizards derrotou o Cleveland Cavaliers por 96 a 83, mas sofreu uma baixa na rodada de domingo da NBA. O pivô Nenê Hilário deixou a quadra durante o terceiro quarto por causa de uma torção no joelho esquerdo. O brasileiro somou oito pontos, quatro rebotes e quatro assistências nos 21 minutos em que permaneceu em quadra.

John Wall anotou 21 pontos e Marcin Gortat fez 13 pontos e conseguiu 13 rebotes para o Wizards, que voltou a ter 50% de aproveitamento, com 28 vitórias e 28 derrotas, e está na quinta colocação na Conferência Leste.

Luol Deng liderou o Cavaliers com 17 pontos, Spencer Hawes somou 16 pontos e 12 rebotes, enquanto Tristan Thompson obteve 12 rebotes e anotou 11 pontos. O brasileiro Anderson Varejão voltou a desfalcar o time de Cleveland por causa de uma inflamação na costas. A equipe está em décimo lugar no Leste, com 22 triunfos e 35 derrotas.

Com uma lesão no dedão do pé esquerdo, o brasileiro Leandrinho Barbosa não atuou pelo Phoenix Suns, que perdeu em casa para o Houston Rockets por 115 a 112, na noite de domingo. O Rockets está em terceiro lugar na Conferência Oeste, enquanto o Suns é o sétimo.

Dwight Howard anotou 25 pontos, James Harden somou 23 e Patrick Beverley marcou 20, incluindo uma cesta de três a menos de um minuto para o fim, pelo Rockets, que chegou a estar perdendo por dez pontos no começo do quarto período.

Goran Dragic foi o cestinha da partida com 35 pontos, mas falhou na tentativa de levar o duelo para a prorrogação. Também pelo Suns, Gerald Green fez 23 pontos, dois a mais do que Markieff Morris.

Confira os resultados da rodada de domingo da NBA:

Oklahoma City Thunder 117 x 125 Los Angeles Clippers

Miami Heat 93 x 79 Chicago Bulls

Cleveland Cavaliers 83 x 96 Washington Wizards

Toronto Raptors 105 x 90 Orlando Magic

Denver Nuggets 95 x 109 Sacramento Kings

Phoenix Suns 112 x 115 Houston Rockets

Los Angeles Lakers 102 x 108 Brooklyn Nets

Minnesota Timberwolves 108 x 97 Minnesota Timberwolves

Confira os jogos da rodada de segunda-feira da NBA:

Philadelphia 76ers x Milwaukee Bucks

Detroit Pistons x Golden State Warriors

New York Knicks x Dallas Mavericks

Brooklyn Nets x Los Angeles Clippers

Utah Jazz x Boston Celtics

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.