Gerald Herbert/AP
Gerald Herbert/AP

Cousins sofre grave lesão e deve perder resto da temporada da NBA pelo Pelicans

Pivô se machuca durante vitória sobre o Houston Rockets, na noite da última sexta-feira

Estadão Conteúdo

27 Janeiro 2018 | 16h41

A suada vitória sobre o Houston Rockets por 115 a 113, na noite da última sexta-feira, teve um sabor amargo para o New Orleans Pelicans. Isso porque a segundos para o fim da partida, o pivô DeMarcus Cousins sofreu uma grave lesão na perna esquerda ao disputar um rebote e precisou ser carregado para fora da quadra. 

+ Leia mais notícias sobre o basquete

A suspeita inicial era de uma lesão no tendão de Aquiles, e, para tristeza da franquia, ela foi confirmada neste sábado. Por mais que o Pelicans ainda não tenha oficializado, Cousins foi submetido a exames de imagem que mostraram o rompimento do tendão, o que deve tirá-lo do restante da temporada. 

"Ele é extremamente importante para nós. Então, sim, estamos assustados. Me sinto horrível por ele, por tudo que ele fez este ano por nós e por si mesmo, pela evolução que teve, dentro e fora da quadra. Ele tem sido incrível. Não gostaria que isso acontecesse com um cara que estava tentando melhorar", declarou o técnico Alvin Gentry, antes de saber a gravidade da lesão. 

O rompimento do tendão de Aquiles é uma das contusões mais temidas por jogadores da NBA. Em alguns casos, como aconteceu com Kobe Bryant em 2013, os atletas têm dificuldades para voltar a atuar em alto nível. Para piorar, Cousins tem contrato apenas até o fim desta temporada com o Pelicans e a lesão pode atrapalhá-lo na assinatura do próximo vínculo. 

Cousins também se tornou desfalque para o All-Star Game da NBA, que será disputado no dia 18 de fevereiro, em Los Angeles. O pivô havia sido escolhido por LeBron James como um dos titulares de sua equipe. Agora, um novo integrante deverá ser anunciado pela liga para a vaga do jogador do Pelicans. 

O time de New Orleans é o sexto colocado da Conferência Oeste e terá que lutar para manter a vaga nos playoffs desta temporada. Em sua oitava temporada na NBA, Cousins, aliás, vivia a expectativa de disputar a pós-temporada pela primeira vez, mas viu o sonho ser adiado. 

"Meu parceiro! Difícil vê-lo assim, mas sei que você voltará mais forte do que nunca. Vamos seguir firmes por você", escreveu nas redes sociais Anthony Davis, parceiro de Cousins no Pelicans. "Meus pensamentos estão com DeMarcus Cousins! Espero que se recupere logo, meu grande companheiro", comentou LeBron James em sua página no Twitter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.