Ben Margot/AP
Ben Margot/AP

Curry bate próprio recorde em bolas de 3 e Warriors triunfa

Com atuação de gala, armador ajuda equipe a bater Blazers

Estadão Conteúdo

10 de abril de 2015 | 09h13

Stephen Curry tem só 27 anos, mas já entrou para o rol dos maiores arremessadores de todos os tempos na NBA. Na rodada de quinta-feira da liga, o armador teve mais uma atuação de gala na vitória em casa de seu Golden State Warriors, líder da Conferência Oeste, sobre o Portland Trail Blazers, por 116 a 105, e quebrou o recorde de arremessos de três pontos convertidos em uma temporada, que pertencia a ele mesmo.

Foram 45 pontos para o armador, sendo oito bolas de três convertidas. Com isso, ele chegou a 276 chutes do perímetro convertidos, ultrapassando a própria marca estabelecida há dois anos, quando anotou 272. De quebra, Curry teve mais uma atuação digna de MVP (jogador mais valioso) da temporada, posto pelo qual briga com nomes como LeBron James, Russell Westbrook e, principalmente, James Harden.

Afinal, além dos 45 pontos o armador ainda distribuiu 10 assistências, deixando a quadra com um "double-double". Curry, aliás, se tornou o primeiro jogador do Warriors a anotar ao menos 45 pontos e 10 assistências desde 1997, quando o encrenqueiro Latrell Sprewell foi o responsável pelo feito.

O armador ainda contou com a colaboração de seu principal coadjuvante, o ala Klay Thompson, que anotou 26 pontos, para levar o Warriors à virada, já que o time perdia por 13 pontos. Pelo Blazers, quarto colocado do Oeste, destaque para os 27 pontos de LaMarcus Aldridge e os 20 de Damian Lillard.

No outro jogo da noite, o Miami Heat recebeu o Chicago Bulls e disparou no placar no primeiro tempo. No intervalo, a vantagem era de 19 pontos, mas aí os donos da casa pararam. Melhor para o Bulls, que buscou uma incrível virada, venceu por 89 a 78 e está na terceira colocação da Conferência Leste.

Depois de vencer o segundo quarto por 33 a 12, o Heat levou o troco no terceiro, caindo por incríveis 33 a 8. A dura virada abalou o time, que não conseguiu se reerguer no período final. A derrota complicou os comandados de Erik Spoelstra, que estão apenas na décima posição do Leste, cada vez mais longe dos playoffs.

Pau Gasol foi mais uma vez o destaque da vitória do Bulls, com um novo "double-double": 16 pontos e 15 rebotes. Recuperado de lesão, Derrick Rose atuou por 20 minutos e terminou com 12 pontos. O cestinha, no entanto, saiu do lado do Heat: Hassan Whiteside, com 19 pontos, além de 16 rebotes.

Acompanhe as partidas da NBA nesta sexta-feira:

Orlando Magic x Toronto Raptors

Atlanta Hawks x Charlotte Hornets

Brooklyn Nets x Washington Wizards

Cleveland Cavaliers x Boston Celtics

Detroit Pistons x Indiana Pacers

New York Knicks x Milwaukee Bucks

Houston Rockets x San Antonio Spurs

New Orleans Pelicans x Phoenix Suns

Oklahoma City Thunder x Sacramento Kings

Denver Nuggets x Dallas Mavericks

Utah Jazz x Memphis Grizzlies

Los Angeles Lakers x Minnesota Timberwolves

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.