AFP
AFP

Curry é exaltado por companheiros e se mostra orgulhoso de atuação dos Warriors na NBA

Estrela do Golden State marcou impressionantes 43 pontos no Jogo 4 da final, diante do Boston Celtics

Redação, Estadão Conteúdo

11 de junho de 2022 | 09h34

Em um jogo muito apertado e com trocas de liderança durante os quatro períodos, Stephen Curry teve atuação marcante para garantir a vitória do Golden State Warriors sobre o Boston Celtics em pleno TD Garden. O astro dos Warriors anotou incríveis 43 pontos, sendo sete bolas de três, e 10 rebotes para garantir o empate do time de San Francisco no jogo 4 das finais da NBA.

"Eu não classifico minhas performances. Senti que precisávamos avisar a todos que estávamos aqui esta noite. Seja a torcida deles, o time deles ou o nosso time, seja para quem quiser ver essa energia e esse fogo, nós nos alimentamos disso", disse o herói da noite após o jogo.

"Estou muito orgulhoso do nosso grupo, estamos de volta às séries, finalmente nos encontramos no quarto período. É louco porque eu sinto que ainda podemos jogar um pouco melhor, mas conseguir triunfar fora de casa é algo muito grande para este grupo. Estivemos aqui seis vezes, temos muita experiência, compostura, sabemos o que somos capazes de fazer. Estou grato por todos no nosso time, porque fizemos isso juntos, não há dúvidas", completou Curry.

Companheiros de time de Curry, como Klay Thompson e o líder Draymond Green, se renderam à maestria do camisa 30 dos Warriors. "O coração daquele homem é incrível. As coisas que ele faz, nós meio que damos por certo às vezes, ir lá e nos colocar nas costas. Temos que ajudá-lo na segunda-feira", disse Thompson, que ainda declarou que esta provavelmente foi a maior apresentação do companheiro em um jogo das finais.

"Ele não estava nos deixando perder. Este jogo se resume a isso", disse Green, líder do time. "Eu já previa por seu comportamento, mesmo após o jogo três, que ele chegaria aqui com este ímpeto", completou.

Após chegarem colados no placar na reta final do duelo, os Warriors fizeram 17 a 3 pontos nos últimos cinco minutos de jogo, 10 deles anotados por Curry. O atleta ainda chegou a ser dúvida para a partida após uma lesão no pé esquerdo durante o jogo três, mas o problema não pareceu incomodá-lo nesta sexta-feira.

"Nunca pareceu que fosse um fator. A parte física neste confronto é bastante dramática. O Boston tem a melhor defesa da liga, são enormes e poderosos em todas as posições. Para Steph aguentar esse tipo de pressão durante todo o jogo e ainda ser capaz de defender… acho que este é o mais forte fisicamente que ele já esteve em toda sua carreira", explicou o técnico Steve Kerr.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.