Nick Monroe/USA Today Sports
Nick Monroe/USA Today Sports

Curry supera marca, mas Warriors sofrem dura derrota para os Bucks na NBA

Time que dominou a última década do basquete norte-americano foi batido por 138 a 99

Redação, Estadao Conteudo

26 de dezembro de 2020 | 09h10

Em seu segundo jogo na nova temporada da NBA, o Golden State Warriors sofreu a segunda derrota. Atuando fora de casa, o time que dominou a última década do basquete norte-americano foi batido por 138 a 99 pelo Milwaukee Bucks, que faturou sua primeira vitória no campeonato.

Ainda longe de reproduzir as grandes atuações das últimas temporadas, Stephen Curry foi o destaque dos Warriors, com 19 pontos. Tornou-se, assim, o segundo maior pontuador da história da equipe, com 16.458 pontos, superando Rick Barry, com 16.447. O líder desta lista é Wilt Chamberlain, com 17.783.

Mas a boa atuação de Curry não evitou a dura derrota dos visitantes. Giannis Antetokounmpo e Khris Middleton, que não tiveram grande performance na estreia, foram decisivos desta vez. Middleton foi o cestinha do jogo, com 31 pontos, ajudando ainda com quatro rebotes e cinco assistências.

Duas vezes MVP da temporada, Antetokounmpo anotou um "double-double" de 15 pontos e 13 rebotes, além de contribuir com quatro assistências. Mais equilibrado em quadra, o time da casa ainda teve Donte DiVincenzo e D.J. Augustin, com 13 pontos cada, e Jrue Holiday com 12.

Ainda buscando seu melhor ritmo, os Warriors até conseguiram fazer um duelo equilibrado nos dois primeiros quartos. Mas foram massacrados no segundo tempo da partida. Os visitantes ofereceram pouca resistência e os Bucks, time mais sólido em todos os fundamentos, aproveitaram as oportunidades e selaram a vitória com tranquilidade.

A rodada do dia de Natal também contou com um triunfo contundente do Miami Heat sobre o New Orleans Pelicans por 111 a 98, na Flórida. Pela equipe visitante, Brandon Ingram e Ziom Williamson brilharam no começo do jogo e terminaram com 28 e 32 pontos, respectivamente. A dupla, contudo, caiu de rendimento no segundo tempo e o Heat foi para cima.

Mais equilibrado em todos os setores, o time anfitrião teve o destaque individual de Duncan Robinson, responsável por 23 pontos. Ele acertou sete cestas de três pontos na partida. Mesmo irregular, Goran Dragic contribuiu com 18 pontos, enquanto Bam Adebayo anotou 17.

Apesar do triunfo, o Miami Heat deixou a quadra com preocupação devido à lesão sofrida por Jimmy Butler, um dos principais jogadores do time. Ele sofreu uma torção no tornozelo direito e ficou apenas 16 minutos em quadra nesta sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.