Noah Graham / NBAE / Getty Images / Getty Images via AFP
Noah Graham / NBAE / Getty Images / Getty Images via AFP

Curry se machuca e Warriors perdem para os Celtics em casa na NBA; Suns batem os Rockets

Astro deixa quadra ainda no segundo quarto com problema na perna e vê time de São Francisco perder em casa por 110 a 88

Redação, Estadão Conteúdo

17 de março de 2022 | 09h50

Ganhando embalo na reta final da temporada regular da NBA, o Golden State Warriors enfrentou uma noite difícil nesta quarta-feira. O time perdeu em casa para o Boston Celtics, por 110 a 88, teve encerrada uma boa série de jogos e ainda ganhou uma forte preocupação. O astro do time, Stephen Curry, saiu de quadra machucado.

Ele se machucou ainda no segundo quarto, numa disputa de bola com Marcus Smart. O rival caiu sobre sua perna esquerda e Curry apontou dores imediatamente. Sem conseguir continuar na partida, foi submetido a exames ainda nesta madrugada. Os resultados ainda não foram divulgados.

"Achei que foi uma jogada perigosa. O Marcus mergulhou em direção ao joelho de Steph. Foi isso que me deixou muito chateado. Tenho muito respeito por Marcus, ele é um grande jogador, um forte competidor. Já o treinei na Copa do Mundo, há alguns anos. Conversamos depois do jogo, estamos bem. Mas avaliei que foi uma jogada perigosa, avisei isso a ele", disse o técnico dos Warriors, Steve Kerr.

O grande destaque do jogo foi Jayson Tatum, responsável por um "double-double" de 26 pontos e 12 rebotes para os Celtics. Jaylen Brown registrou a mesma pontuação e mais sete rebotes. Pelos Warriors, Jordan Poole foi o cestinha da partida, com 29 pontos. Klay Thompson contribuiu com 18.

A 23ª derrota atrasa a classificação dos Warriors aos playoffs, mas mantém a equipe na terceira colocação da Conferência Oeste (47 vitórias). Os Celtics estão em quarto na tabela do Leste, com 42 triunfos e 28 revezes.

Suns batem Rockets e ampliam vantagem na Conferência Oeste

Líder do Oeste, o Phoenix Suns ampliou a vantagem nesta quarta. A única equipe já confirmada nos playoffs venceu o Houston Rockets por 129 a 112, fora de casa. Devin Booker liderou os visitantes, com seus 36 pontos, numa grande atuação coletiva dos Suns. Mikal Bridges anotou 26, Deandre Ayton marcou 23 e Torrey Craig, 21.

Os Suns exigem agora 56 vitórias e apenas 14 derrotas, enquanto os Rockets seguem num calvário na atual temporada. Dono da pior campanha da temporada até agora, o time de Houston tem aproveitamento quase exatamente oposto ao adversário da noite: 17 triunfos e 52 derrotas.

Fora de casa, o Los Angeles Lakers também não tem muito do que se orgulhar. Sofreu a terceira derrota consecutiva, desta vez para o Minnesota Timberwolves, por 124 a 104, com atuações cada vez mais discretas de LeBron James e Russell Westbrook. O primeiro marcou 19 pontos, cinco rebotes e quatro assistências, enquanto o segundo registrou 15 pontos, quatro rebotes e cinco assistências.

O maior destaque do jogo foi Karl-Anthony Towns, que não repetiu os incríveis 60 pontos do último jogo. Mas foi o cestinha do duelo, com 30 pontos, além de contribuiu com oito rebotes.

Os dois times estão na briga direta pela vaga nos playoffs. Mas os Timberwolves aparecem em situação mais favorável. Ocupam o 7º lugar, a uma posição da zona de classificação direta, enquanto os Lakers estão em 9º, correndo risco de sair da zona que garante vaga no play-in.

A rodada desta quinta-feira à noite terá apenas um jogo: Orlando Magic x Detroit Pistons.

Confira os resultados da noite desta quarta-feira da NBA

Charlotte Hornets 116 x 106 Atlanta Hawks

Washington Wizards 109 x 127 Denver Nuggets

Cleveland Cavaliers 114 x 118 Philadelphia 76ers

New York Knicks 128 x 98 Portland Trail Blazers

Brooklyn Nets 111 x 113 Dallas Mavericks

Houston Rockets 112 x 129 Phoenix Suns

Minnesota Timberwolves 124 x 104 Los Angeles Lakers

San Antonio Spurs 122 x 120 Oklahoma City Thunder

Utah Jazz 125 x 110 Chicago Bulls

Golden State Warriors 88 x 110 Boston Celtics

Sacramento Kings 126 x 135 Milwaukee Bucks

Los Angeles Clippers 100 x 103 Toronto Raptors

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.