De parceiro novo, Franca abre Estadual

O Campeonato Paulista de Basquete Masculino começa neste sábado, no Ginásio Pedrocão, às 17 horas, com um jogo: o Franca, atual campeão, que ontem (13) acertou um contrato de co-patrocínio com a Unimed, receberá o Corinthians. A equipe de Franca está mais aliviada, com a entrada de R$ 20 mil mensais, até dezembro, mas ainda precisa de outro patrocinador para completar os R$ 80 mil necessários para bancar as despesas. A competição estadual tera 15 times participantes, e, após turno e returno, oito deles iniciam a fase de playoffs até a decisão. "Sempre tivemos a pretensão de fazer essa parceria com o tradicional time de Franca e, por enquanto, entramos com uma pequena participação, que poderá ser ampliada no próximo ano", disse o presidente da Unimed, em Franca, Paulo Sérgio Faleiros. Segundo ele, o acordo foi acertado pela Confederação das Unimeds do Estado de São Paulo, que engloba 72 unidades. A empresa já apoiou, anteriormente, as equipes de base do basquete francano. Além do dinheiro da Unimed, o Franca Basquete terá duas cotas de apoio, no valor de R$ 8 mil cada uma, de Unifran e Magazine Luiza. Cerca de R$ 10 mil devem ser arrecadados com os sócios-torcedores. O técnico do Franca, Daniel Wattfy, disse que o time que entrará em quadra hoje (15) é forte, mesmo sem Chuí, Estevam e Edu Mineiro. Os três, por terem os salários mais altos, deverão ficar de fora por precaução, aguardando o acordo com um novo co-patrocinador. Sem eles, o time titular deverá ser Fúlvio, Fransérgio, Thomas, Anderson Varejão e Lucas. O Corinthians tem como destaque o veterano pivô norte-americano Leon Jones. A primeira rodada do estadual será completada neste domingo, com os seguintes jogos: COC/Ribeirão Preto x Tênis Clube/São José dos Campos, Hebraica/Blue Life x Palmeiras, São Caetano x Leitor/Casa Branca, Uniara x Unisanta/Santos, Valta/Mogi x Santo André e Sadia/Rio Pardo x Tilibra/Bauru. O Pinheiros folga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.