Kim Klement/ USA Today Sports
Kim Klement/ USA Today Sports

De virada, Heat bate Celtics e abre 2 a 0 na final do Leste na NBA

Em Orlando, o time da Flórida reverteu uma desvantagem de 17 pontos para superar os rivais por 106 a 101

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2020 | 00h25

Em mais uma noite decisiva de Bam Adebayo, o Miami Heat venceu novamente o Boston Celtics e abriu 2 a 0 na final da Conferência Leste da NBA. Em Orlando, na "bolha" montada na estrutura da Disney, o time da Flórida reverteu uma desvantagem de 17 pontos para superar os rivais por 106 a 101, nesta quinta-feira.

Decisivo no jogo anterior, no grande toco em Jayson Tatum nos instantes finais da partida, Adebayo manteve o ritmo nesta noite. Ele terminou a partida com um "double-double" de 21 pontos e dez rebotes e ainda contribuiu com quatro assistências. Goran Dragic também se destacou, com 25 pontos, três rebotes e cinco assistências.

Duncan Robinson (18), Jimmy Butler (14) e Jae Crowder (12) chegaram aos dois dígitos na pontuação e permitiram uma reviravolta no segundo tempo da partida. Pelos Celtics, Kemba Walker foi o maior pontuador, com 23 pontos - ajudou ainda com sete rebotes e três assistências. Jaylen Brown e Tatum marcaram 21 cada.

Nesta quinta, o time de Boston começou melhor, disposto a compensar a derrota no primeiro jogo da série. Com uma sequência de três pontos, se saiu melhor no primeiro quarto. E, em seguida, ainda mais equilibrado em todos os setores da equipe, abriu dez pontos de vantagem no segundo período.

Mas o terceiro quarto foi decisivo na partida, e não favoreceu os Celtics. Tímido no primeiro tempo da partida, o ataque do Heat "acordou", ao mesmo tempo que o jogo ofensivo dos Celtics adormeceu. A equipe de Miami anotou 20 pontos a mais que os rivais no período, revertendo a desvantagem no marcador.

Se Adebayo foi o destaque no terceiro período, Dragic foi o jogador que desequilibrou no último quarto do duelo. Impondo forte ritmo no ataque, ele liderou o Heat nos minutos finais e foi determinante para o novo triunfo da equipe da Flórida, agora mais perto da grande final da NBA. Os dois times voltam a se enfrentar na noite de sábado, às 21h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.