Larry W. Smith/EFE
Larry W. Smith/EFE

Denver bate Dallas e vai à final da Conferência Oeste

Nuggets chegam pela 1.ª vez à final de conferência em 24 anos; adversário será LA Lakers ou Rockets

AE, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 09h40

O Denver Nuggets se classificou nesta quarta-feira para a final da Conferência Oeste da NBA, ao derrotar o Dallas Mavericks por 124 a 100, fechando a série dos playoffs em 4 a 1 - mesmo placar pelo qual havia vencido o New Orleans Hornets na primeira rodada. O time agora espera o vencedor do confronto entre Los Angeles Lakers e Houston Rockets, que pode acabar nesta quinta: está 3 a 2 para o Lakers, e as duas equipes se enfrentam às 22h30 (de Brasília), em Houston, na sexta partida da série.

Esta é a primeira final de conferência do Denver Nuggets desde a temporada 1984/85, quando perdeu por 4 jogos a 1 para o Los Angeles Lakers (o confronto pode se repetir), que viria a ser o campeão da NBA ao eliminar o Boston Celtics na final.

Se o Denver fazia 24 anos que não sabia o que era uma final de conferência, o mesmo não pode ser dito sobre seu armador, Chauncey Billups. Natural de Denver, o jogador está em sua sétima final de conferência consecutiva (seis com o Detroit Pistons), feito igualado apenas por quatro jogadores desde 1970: Magic Johnson, Michael Cooper, Kareem Abdul-Jabbar e Kurt Rambis, todos do Los Angeles Lakers.

Em Denver, nesta quarta, Carmelo Anthony foi mais uma vez o principal cestinha do time da casa, com 30 pontos, dividindo as atenções com Chauncey Billups, que fez 28 pontos e deu 12 assistências. O brasileiro Nenê conseguiu 17 pontos e sete rebotes, em mais uma boa atuação. Pelo Dallas, Dirk Nowitzki marcou 32 pontos e apanhou 10 rebotes, mas não conseguiu segurar o Nuggets, que chega à final do Oeste pela primeira vez desde 1985.

"É uma sensação especial, trabalhamos duro desde a pré-temporada para chegar até aqui, superando várias adversidades", afirmou Anthony, que completará 25 anos no fim do mês e consegue sua melhor campanha em seis temporadas na liga norte-americana.

O armador Billups, um dos destaques da equipe, comemorou a chance de seguir em busca de seu segundo título da NBA - ganhou em 2004, com o Detroit Pistons, equipe que trocou pelo Nuggets no começo desta temporada. "Somos um time muito perigoso, com uma defesa atenta e um ataque explosivo. Queremos ainda mais e esperamos ter sucesso", declarou.

Nesta quinta, além de Houston x Lakers, a rodada tem mais uma partida, entre Orlando Magic e Boston Celtics, a partir das 20 horas (de Brasília), na Flórida. O Boston tem vantagem de 3 a 2 e, se vencer, liquida a série e vai enfrentar o Cleveland Cavaliers na decisão da Conferência Leste. O Orlando tem de ganhar para provocar o sétimo jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.