Wander Roberto/Divulgação - 1/6/2012
Wander Roberto/Divulgação - 1/6/2012

Desligada da seleção de basquete, Iziane se recusa a comentar corte

Atleta não respondeu sequer se vai permanecer na França ou se vai regressar ao Brasil

Alessandro Lucchetti e Amanda Romanelli - Enviados especiais, O Estado de S. Paulo

20 de julho de 2012 | 09h11

LONDRES - Cortada da seleção brasileira feminina de basquete que disputará a Olimpíada de Londres, Iziane disse ao Estado que prefere não se pronunciar sobre o seu desligamento do grupo.

"Ligue para a minha assessora", escusou-se. Com voz abatida, 'Izzy', como foi apelidada nos Estados Unidos, não respondeu sequer se vai permanecer na França ou se vai regressar ao Brasil.

A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) confirmou oficialmente nesta sexta-feira que um ato de indisciplina, cometido fora de quadra, provocou o corte. Mas a entidade não revelou qual foi o deslize da atleta.

Não é a primeira vez que Iziane tem problemas com os técnicos da seleção brasileira. Paulo Bassul e Ênio Vecchi foram afastados do cargo anteriormente devido a causas relacionadas à jogadora.

A CBB também informou que não irá convocar uma substituta para a ala, fato que fará a seleção viajar para Londres com um grupo de 11 jogadoras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.