MPC Rio Comunicação
MPC Rio Comunicação

Destaque do Franca no NBB, Didi está inscrito no Draft da NBA em junho

Ala de 19 anos, que também faz parte do grupo da seleção, espera entrar na maior liga do mundo

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2019 | 15h52

Didi está inscrito no NBA Draft 2019. O ala do SESI/Franca (SP) e da seleção brasileira confirmou nesta quarta-feira sua presença na cerimônia de 20 de junho, que acontece no Barclays Center, no Brooklyn, em Nova York. Didi mostra confiança, mas deixa claro que não pensa ainda no ‘vestibular’ da liga americana. O foco está todo nos playoffs do NBB

"Conversei com os meus agentes e decidimos pela inscrição no Draft. Estou feliz e muito confiante, vivendo um momento maravilhoso na minha vida e na minha carreira. Mas não quero pensar nisso nesse momento. Minha cabeça está aqui no Franca, estamos numa série muito dura contra Bauru e meu foco está todo nos playoffs. Estou muito concentrado e só vou pensar em Draft quando acabar o NBB", afirmou o ala.

A equipe de Franca venceu Bauru por 94 a 82, fora de casa, na última terça-feira, dia 16, no Ginásio Panela de Pressão, no primeiro jogo da série melhor de cinco das quartas de final do NBB 11. As duas equipes voltam a se enfrentar na segunda-feira, dia 22. Na última partida, Didi anotou 13 pontos, apanhou sete rebotes e teve duas roubadas de bola com 21 de eficiência.

Campeão do Campeonato Sul-Americano 2019 e do Campeonato Paulista 2018 e peça importante do time francano, dono da melhor campanha na primeira fase do NBB 11, Didi participou na última sexta-feira, dia 12, do 22º Nike Hoop Summit, no Moda Center (Portland), evento que reuniu os jovens mais promissores da categoria sub-19 de Estados Unidos e do mundo.

Cinco brasileiros disputaram a temporada 2018-2019 da NBA: Nenê Hilário (Houston Rockets) e Raul Neto (Utah Jazz) – que continuam nos Playoffs -, Cristiano Felício (Chicago Bulls), Bruno Caboclo (Memphis Grizzlies) e Scott Machado (Los Angeles Lakers). Até hoje, 13 brasileiros foram "draftados" pela NBA, dois deles não atuaram na liga (Paulão Prestes e Oscar Schmidt).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.