Dezesseis anos após estreia, pivô Kelly vai para o 4º Pan

A ausência de Nádia, Clarissa, Érika e Damiris, todas disputando a WNBA, principal liga profissional norte-americana, obrigou o técnico Luiz Zanon a recorrer a uma pivô veterana para reforçar a seleção brasileira de basquete nos Jogos Pan-Americanos. Cinco anos após sua última convocação, Kelly está de volta e vai a Toronto (Canadá).

Estadão Conteúdo

30 de junho de 2015 | 17h41

A lista de 12 atletas que vão defender o Brasil no Pan foi anunciada nesta terça-feira pelo técnico Luiz Zanon, que mais uma vez vai ter que recorrer à juventude. Se para o garrafão a ausência das quatro convocadas usuais obrigou o treinador a chamar Kelly (35 anos), Gilmara (34) e Karina (29), o restante do time é muito jovem. Exceto a ala Jaqueline, de 29, todas as demais jogadoras do elenco têm no máximo 24 anos.

"Optamos por formar a equipe com uma variação maior entre as jogadoras. São meninas jovens mescladas com algumas experientes, no caso as pivôs. Estamos esperançosos na busca do melhor desempenho dessa seleção nos Jogos Pan-Americanos em Toronto", disse Zanon, sem revelar, entretanto, qual a meta da equipe.

O treinador deixa claro que o Pan tem a função de amadurecer o elenco que, depois, vai disputar a Copa América talvez precisando brigar pela classificação olímpica - a Federação Internacional de Basquete (Fiba) ainda não confirmou a vaga como país sede.

"Definimos a equipe buscando manter uma variação maior no elenco tático, dentro da filosofia de amadurecimento desse grupo. Deixamos claro o nosso objetivo para elas e esperamos o máximo desse grupo. Permanecemos com a grande responsabilidade no processo de amadurecimento, dentro da importância de disputarem os jogos e assim somar experiência a um grupo jovem."

Depois de iniciados os treinos em Campinas, Zanon já havia anunciado dois cortes: A ala Joice (por lesão na coxa esquerda) e a pivô Letícia, de apenas 20 anos, liberada para disputar a Universíada. Agora, foi dispensada a ala Leila.

A surpresa da lista final é a presença da ala Izabella Sangalli, de 20 anos, de Americana. A jogadora, caçula do grupo, treinava com a seleção como convidada e acabou incluída no time que vai ao Pan.

CONFIRA A LISTA DE CONVOCADAS:

Carina, 23 anos, armadora do São Bernardo (SP)

Débora, 23 anos, armadora de América de Recife (PE)

Fabiana, 24 anos, pivô do Americana (SP)

Gilmara, 34 anos, pivô do Americana (SP)

Isabela Ramona, 21 anos, ala do São José (SP)

Izabella Sangalli, 20 anos, ala do Americana (SP)

Jaqueline, 29 anos, ala do Santo André (SP)

Karina, 29 anos, pivô do São José (SP)

Kelly, 35 anos, pivô do Sport Recife (PE)

Patrícia, 24 anos, ala do São José (SP)

Tainá, 23 anos, armadora do América de Recife (PE)

Tássia, 22 anos, armadora do Santo André (SP)

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteJogos Pan-Americanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.