Robyn Beck / AFP
Robyn Beck / AFP

Dirigente dos Lakers diz se inspirar em Bryant na pandemia do coronavírus

Rob Pelinka revela que tem pensado constantemente no astro desde a sua morte

Redação, Estadao Conteudo

08 de abril de 2020 | 22h54

O gerente-geral do Los Angeles Lakers, Rob Pelinka, revelou nesta quarta-feira que se inspira em sua amizade com Kobe Bryant para lidar com a crise provocada pela pandemia de coronavírus.

Pelinka foi empresário durante anos de Bryant, antes de assumir o comando dos Lakers nesta temporada. O executivo revelou que tem pensado constantemente no astro desde sua morte junto com sua filha, Gianna, de quem era padrinho, no início deste ano, em um acidente de helicóptero.

Com o futuro incerto pela frente para os Lakers e a NBA, Pelinka disse imaginar o que Bryant diria. "Se você estivesse com um cavaleiro e um enorme dragão cuspidor de fogo acabasse aparecendo à sua frente, ele poderia dizer: 'OK, você sabe, é agora que fica bom'", disse Pelinka.

"Vamos enfrentar esse desafio. Aqui está como vamos contornar isso, e aqui está como vamos derrotá-lo. Essa era apenas a natureza dele, que obstáculos ou tempos difíceis levariam de alguma forma ao crescimento. E eu acho que isso é do jeito que eu vou olhar para 2020, não apenas em termos da perda de Kobe, mas em um contexto geral".

Pelinka também falou sobre a decisão relatada anteriormente por vários executivos de abrirem mão voluntariamente de seus salários durante o período da crise da saúde. "Eu apoiaria qualquer coisa que permita que as pessoas mantenham seus empregos em tempos realmente difíceis", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.