Tingshu Wang/ Reuters
Tingshu Wang/ Reuters

Disney World surge como sede favorita para receber jogos da NBA

Temporada regular da liga norte-americana de basquete está suspensa desde o dia 12 de março

AFP, O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2020 | 07h29

O complexo da Disney World em Orlando, na Flórida, Estados Unidos, está se tornando o local favorito para sediar um possível retorno da NBA em meio à pandemia de coronavírus, informou a mídia norte-americana nesta semana. Por enquanto, ainda está indefinida a situação da principal liga de basquete do mundo. Não há a confirmação nem mesmo de sua continuidade nesta temporada. "A NBA tem Orlando/Disney World como grande favorito para ser o local onde os jogos da temporada 2019-20 serão retomados (...) Ganhou um claro impulso à frente de cidades como Las Vegas", de acordo com o mídia digital The Athletic.

A temporada regular da NBA está suspensa desde 12 de março, quando ainda restavam 259 jogos para disputar, além dos playoffs. Em sua tentativa de concluir a temporada, a NBA planeja concentrar as equipes em uma ou duas sedes, onde os jogadores ficariam protegidos o máximo possível do vírus, submetidos a testes regulares e eles jogariam com portões fechados.

De acordo com o The Athletic, a liga tende no momento para a realização de jogos apenas no complexo esportivo Disney World de Orlando, embora outros locais como Las Vegas e Houston também tenham sido considerados. Orlando está no caminho certo para ser escolhida "desde que os detalhes finais sobre os testes e o uso do hotel sejam resolvidos", disse a agência. "Para a NBA, a possibilidade de controle de Orlando/Disney World como sede - com uma propriedade privada que tem os complexos, hotéis e serviços necessários - sempre foi a mais atraente de todas as possibilidades".

No entanto, o renomado jornalista da ESPN Adrian Wojnarowski disse nesta quarta-feira que a NBA "continua a considerar um formato de dois locais para o retorno da temporada, incluindo a Disney World em Orlando e Las Vegas". Já o jornalista da Yahoo Sports, Keith Smith, que trabalhou por quase duas décadas na Disney World, disse que o complexo de Orlando "começou os estágios iniciais da reforma de alguns de seus espaços hoteleiros para abrigar a NBA e suas necessidades".

No momento, a NBA não confirmou oficialmente se a temporada será retomada ou se ofereceu um cronograma. O comissário Adam Silver disse em 12 de maio que levaria de duas a quatro semanas para fazer esse anúncio. Wojnarowski observou que, "exceto por uma imprevisibilidade de eventos, muitos proprietários de equipes da NBA, executivos e jogadores veteranos acreditam que Silver dará sinal verde em junho para que esta temporada volte a ser disputada, com os jogos recomeçando em algum momento antes do fim de julho".

As equipes, de acordo com o jornalista especializado, esperam que a NBA emita diretrizes em torno do dia 1º de junho que lhes permitam convocar os jogadores que deixaram suas cidades, no que seria "um primeiro passo em direção a um avanço formal da retomada da temporada".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.