Kevin C.Cox/AP
Kevin C.Cox/AP

Donovan Mitchell brilha de novo e Jazz abre 3 a 1 na série contra os Nuggets

Armador do time de Utah fez 51 pontos e Jamal Murray marcou 50; ambos entraram para história da NBA

Redação, Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2020 | 08h28

Em mais uma atuação histórica de Donovan Mitchell nos playoffs da NBA, o Utah Jazz deu mais um passo rumo à classificação às semifinais da Conferência Oeste ao derrotar o Denver Nuggets por 129 a 127, na noite de domingo, dentro da "bolha" criada no complexo Wide World of Sports, pertencente à Disney, em Orlando, e abrir 3 a 1 na série melhor de sete.

Pela segunda vez nos quatro jogos realizados até o momento pela primeira rodada dos playoffs, Mitchell marcou mais de 50 pontos. Neste domingo, o armador de 23 anos anotou 51 e travou um duelo histórico contra o rival Jamal Murray, que carregou os Nuggets com seus 50 pontos.

Os dois protagonistas da partida quebraram marcas na NBA: pela primeira vez na história dos playoffs dois jogadores de equipes adversárias anotaram 50 pontos ou mais em um jogo. Mitchell ainda entrou para um seleto grupo que conta com Michael Jordan, Wilt Chamberlain e Allen Iverson, que conseguiram marcar 50 pontos ou mais em ao menos duas partidas em uma mesma série de playoffs.

No primeiro duelo da série, na semana passada, os Nuggets saíram na frente com uma vitória por 135 a 125, na prorrogação, mas Mitchell deixou a quadra com seu nome na história. Ele roubou a cena com a terceira maior pontuação da história dos playoffs: 57 pontos. Depois foi mais discreto nos dois jogos seguintes (30 e 20 pontos, respectivamente), vencidos por seu time, e brilhou novamente neste domingo.

Os pivôs de cada time também contribuíram em quadra. Pelos Nuggets, o sérvio Nikola Jokic fez 29 pontos, mas pareceu cansado no último quarto. O do Utah Jazz, por sua vez, foi eficiente durante todo o jogo. O francês Rudy Gobert anotou 17 pontos e agarrou 11 rebotes.

A próxima partida entre as franquias acontece nesta terça-feira, às 19h30 (de Brasília), em um duelo que pode ser decisivo no caso de mais uma vitória do Jazz. O vencedor desta série encara nas semifinais do Oeste quem passar de Los Angeles Clippers e Dallas Mavericks, que estão empatados em 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.