Jeff Hayes/Efe
Jeff Hayes/Efe

Durant desabafa contra críticos após brilhar no Mundial

'No início escutamos muitos comentários e havia gente que não acreditava em nós. Estavam errados'

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2010 | 20h37

ISTAMBUL - Eleito o melhor jogador do Mundial de basquete encerrado neste domingo, em Istambul, Kevin Durant não poupou os críticos que diziam que ele tinha que provar sua qualidade com a camisa da seleção dos Estados Unidos. Ele desabafou após ser o cestinha, com 28 pontos, da vitória de 81 a 64 sobre a Turquia, na decisão da competição.

"Jogamos até mais um pouco mais motivados porque no início escutamos muitos comentários e havia gente que não acreditava em nós. Estavam errados", afirmou o astro do Oklahoma City Thunder, da NBA, que depois lembrou do esforço que os jogadores norte-americanos fizeram para estar na Turquia defendendo a seleção.

"Renunciamos ao dinheiro e às férias, mas o sacrifício valeu a pena", declarou, para em seguida mostrar a sua medalha de ouro.

Já ao comentar o fato de ter sido eleito o melhor jogador do campeonato, Durant resolveu dividir os méritos de sua participação na competição com o resto da equipe dos Estados Unidos. "Este é triunfo de toda uma equipe. Sem meus companheiros não seria nada e todos eles me permitiram ser melhor a cada dia, de forma que tenho de compartilhar meu prêmio (de melhor jogador) com eles", reforçou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.