Em Catanduva, Ourinhos joga para fechar final do Nacional

A equipe do Ourinhos não quer perder a chance que terá nesta sexta-feira. Com 2 a 0 na série melhor-de-cinco da decisão do Nacional Feminino de Basquete, o time do interior de São Paulo enfrenta o Catanduva, fora de casa, e pretende cumprir o objetivo de faturar já o tricampeonato da competição. O jogo começará às 20h30 (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo da SporTV."Vamos à Catanduva com objetivo de vencer e ser campeão, mas sabemos que será uma partida difícil. A equipe do técnico Edson Ferreto cresce muito quando está jogando em casa. A torcida lota o ginásio e ainda faz barulho do lado de fora, apoiando o time da cidade, como acontece também em Ourinhos", afirmou o técnico de Ourinhos Paulo Bassul, que revelou que a defesa será a peça principal para a vitória. "Temos que saber lidar com essa pressão extra, mantendo a tranqüilidade e não deixando o adversário gostar do jogo. Sendo assim, a defesa será fundamental para impor o nosso ritmo".Nos dois primeiros jogos da série, Ourinhos ganhou com facilidade - 67 a 49 e 84 a 68 -, o que já até gerou um clima de conformismo no lado do Catanduva. "O time já fez um grande trabalho chegando até aqui. Montamos uma equipe pensando na classificação para as semifinais e terminar em terceiro ou quarto. Não esperávamos disputar o título. Será muito difícil vencer, pois Ourinhos é tecnicamente superior" comentou o técnico Edson Ferreto.Em todo o Nacional, Ourinhos já mostra uma campanha bem superior. Em 15 partidas, são 13 vitórias e duas derrotas - uma delas para o Catanduva, na fase de classificação. O rival da decisão jogou 17 vezes e conseguiu 11 vitórias. Caso seja necessário, o quarto confronto da série acontecerá na próxima segunda, novamente em Catanduva, e o quinto será jogado no dia 15, em Ourinhos.

Agencia Estado,

09 de fevereiro de 2007 | 07h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.