John Amis/AP
John Amis/AP

Em jogo de recordes na NBA, Bulls superam Hawks após 4 prorrogações

Calouro Trae Young, do Atlanta, foi o destaque, apesar da derrota por 168 a 161

Redação, Estadão Conteúdo

02 de março de 2019 | 09h32

A rodada de sexta-feira da NBA teve um jogo para entrar na história. Em Atlanta, na Geórgia, Atlanta Hawks e Chicago Bulls travaram uma verdadeira batalha e quem levou a melhor foi o time visitante, que venceu por 168 a 161 após incríveis quatro prorrogações e vários recordes quebrados. O calouro Trae Young levantou a torcida da casa com 49 pontos e cestas decisivas que ajudaram a prolongar a partida.

Os dois times estão distantes da briga por vaga nos playoffs na Conferência Leste, mas nem por isso deixaram de fazer história em quadra. Os 329 pontos combinados entre os dois times é a terceira maior marca de toda a NBA. Também foram convertidas 43 cestas de três pontos - 22 dos Hawks e 21 dos Bulls -, igualando o recorde da liga neste quesito, estabelecido por Golden State Warriors e New Orleans Pelicans, em janeiro deste ano.

O Chicago Bulls, que ganhou seis títulos da NBA com Michael Jordan e Scottie Pippen, nunca tinha feito tantos pontos em um jogo - o recorde era 156 em uma vitória sobre o Portland Trail Blazers, também após quatro prorrogações, em 1984. O grande destaque foi Zach LaVine, que terminou com 47 pontos - melhor marca da carreira -, além de nove rebotes e nove assistências. Com as ajudas de Lauri Markkanen e Otto Porter Jr, que somaram outros 31 pontos cada, o trio combinou para 109 pontos.

Nos Hawks, além dos 49 pontos, Trae Young distribuiu 16 assistências e assim se tornou o primeiro calouro a alcançar tais números na NBA em 51 anos - a última vez tinha sido Earl Monroe, pelo Baltimore Bullets (atual Washington Wizards), em 1968. Além disso, se juntou a Jordan e LeBron James como únicos jogadores em seu primeiro ano na liga com ao menos 40 pontos e 10 assistências em uma partida nos últimos 40 anos.

OUTROS JOGOS 

A rodada de sexta-feira marcou também a classificação do primeiro time aos playoffs. É o Milwaukee Bucks, dono da melhor campanha até aqui, que derrotou o Los Angeles Lakers de LeBron James por 131 a 120, mesmo jogando no ginásio Staples Center, em Los Angeles. Com a sétima vitória consecutiva, a equipe visitante chegou à marca de 48 triunfos e 14 derrotas.

O astro do time da Califórnia fez o que foi possível em quadra, mas não teve forças para superar o rival liderado pelo pivô grego Giannis Antetokounmpo. LeBron James anotou um "double-double" (dois dígitos em dois fundamentos) com 31 pontos e 10 assistências e teve a ajuda de Brandon Ingram, com a mesma pontuação. Só que Eric Bledsoe comandou os Bucks com os mesmos 31 pontos e viu Antetokounmpo marcar outros 16 e agarrar 15 rebotes.

Com 30 vitórias e 32 derrotas, os Lakers estão em 10.º lugar na Conferência Oeste a quatro jogos do San Antonio Spurs, que hoje ocupa a oitava colocação - a última que entra nos playoffs.

No Canadá, o Toronto Raptors derrotou o Portland Trail Blazers pelo placar de 119 a 117 com uma cesta decisiva de Kawhi Leonard nos últimos segundos. O astro da equipe, que é a segunda colocada da Conferência Leste, terminou a partida com 38 pontos, cinco assistências e três roubos de bola. O pivô espanhol Marc Gasol, em seu segundo jogo como titular, contribuiu com 19 pontos, oito rebotes e seis assistências.

Confira a rodada de sexta-feira da NBA:

Atlanta Hawks 161 x 168 Chicago Bulls

Brooklyn Nets 112 x 123 Charlotte Hornets

Toronto Raptors 119 x 117 Portland Trail Blazers

Boston Celtics 107 x 96 Washington Wizards

Phoenix Suns 116 x 130 New Orleans Pelicans

Sacramento Kings 109 x 116 Los Angeles Clippers

Los Angeles Lakers 120 x 131 Milwaukee Bucks

Confira a rodada de sábado da NBA:

Cleveland Cavaliers x Detroit Pistons

Indiana Pacers x Orlando Magic

Miami Heat x Brooklyn Nets

Philadelphia 76ers x Golden State Warriors

Dallas Mavericks x Memphis Grizzlies

San Antonio Spurs x Oklahoma City Thunder

Denver Nuggets x New Orleans Pelicans

Phoenix Suns x Los Angeles Lakers

Utah Jazz x Milwaukee Bucks

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.