Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

Em jogo emocionante, São Paulo bate Unifacisa e empata final da Liga Ouro

Equipe do técnico Claudio Mortari vence por 85 a 84 nesta quinta-feira, no Morumbi

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2019 | 22h27

O torcedor do São Paulo que compareceu ao ginásio do Morumbi sofreu até o último instante, no segundo jogo da final da Liga Ouro, que dá acesso ao Novo Basquete Brasil, nesta quinta-feira. Diante da Unifacisa, o time do técnico Claudio Mortari vacilou no período derradeiro, viu o rival virar o placar, mas, no fim, venceu por 85 a 84.

Jones foi o cestinha da equipe com 18 pontos, mas foi o coletivo que se destacou. Stocks contribuiu com 17, seguido de Benjamin (16), Brito (15) e Rodrigues (10). João Vítor anotou nove pontos e se destacou com um toque no final do jogo. Pelo Unifacisa, Barnes se destacou com 21 pontos.

Agora, São Paulo e Unifacisa se enfrentam no terceiro jogo da final no domingo, às 19h30, em Campina Grande, na Paraíba. 

Pressionado após perder o primeiro jogo, o São Paulo entrou nervoso em quadra, errando bastante no ataque. A Unifacisa se aproveitou e largou na frente. Aos poucos, no entanto, o time do Morumbi se acertou e, com boa atuação de Jones, que anotou oito pontos, fechou o quarto em vantagem: 20 a 18.

A história da primeira parcial se repetir no começo da segunda. A Unifacisa se aproveitou dos erros do São Paulo para pular na liderança. Destaque para Rodrigo Piru e Reggie. Na beira da quadra, Mortari se desesperava com os problemas defensivos. A equipe respondeu, parou de apostas tanto nas bolas de três e, jogando dentro do garrafão, foi para o intervalo com três pontos de frente (40 a 37).

O São Paulo teve uma atuação coletiva perfeita no terceiro quarto. Sem afobação, o time do Morumbi tomou decisões corretas no ataque e foi para o período derradeiro com dez pontos de vantagem: 67 a 57. Stocks e João Vítor anotaram sete pontos na parcial, seguidos de Benjamin (6) e Jones (5). 

A equipe de Mortari voltou irreconhecível no último período. A Unifacisa se aproveitou e fez 14 a 0 no início da parcial, virando o jogo, assim como fez na primeira partida. Diferentemente do que acontecer na terça-feira, o São Paulo encontrou forças para passar novamente na frente e vencer por 85 a 84, com dois lances livres de Stocks e um toco de João Vítor. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.