Mark J. Terril/AP
Mark J. Terril/AP

Em jogo sem LeBron e Mitchell, Los Angeles Lakers bate Utah Jazz na prorrogação

Equipe de Los Angeles conta com o brilhantismo de Drummond, Schröder e Caldwell-Pope para triunfar

Redação, Estadão Conteúdo

18 de abril de 2021 | 09h48

Em duelo marcado pela ausência dos principais astros das equipes, o Los Angeles Lakers derrotou o Utah Jazz na prorrogação por 127 a 115 no Staples Center, que recebeu público pela segunda vez consecutiva. O time da Califórnia cresceu no tempo extra e garantiu o triunfo em casa.

O revés não é suficiente para tirar o Jazz da liderança na Conferência Oeste, agora com 42 vitórias e 15 derrotas na temporada regular. Os Lakers estão na quinta colocação do Oeste, com 35 vitórias e 22 derrotas. Segunda-feira, às 23 horas, as duas equipes voltam a medir forças em Los Angeles.

LeBron James, seu companheiro de título e protagonismo Anthony Davis e Marc Gasol desfalcaram o atual campeão diante do time de Salt Lake City, que também não pôde contar com o astro Donovan Mitchell. Ele torceu o tornozelo na última vitória sobre o Indiana Pacers. O francês Rudy Gobert, que volta na partida de segunda, e Mike Conley também foram baixas importantes.

No duelo equilibrado em Los Angeles, fez a diferença a favor da equipe californiana a atuação no garrafão, com destaque para Dennis Schröder (25 pontos), Andre Drummond (27 pontos) e Kentavious Caldwell-Pope (25 pontos).

O Jazz equilibrou as ações com uma ótima exibição na linha dos três, com bom aproveitamento de Jordan Clarkson, Joe Ingles e Ersan Ilyasova para deixar o jogo empatado por 110 a 110 no tempo normal. No fim, porém, com Ilyasova fora em razão da sexta falta, os Lakers foram muito superiores, sobraram na intensidade e asseguraram a vitória, se vingando do revés para o rival de Salt Lake City no fim de fevereiro.

Em Boston, o astro Stephen Curry mais uma vez teve atuação de gala, anotou impressionantes 47 pontos e comandou o Golden State Warriors. No entanto, seus companheiros não o ajudaram e o Celtics saiu de quadra com a vitória, por 119 a 114.

Curry chegou ao décimo jogo consecutivo com 30 pontos ou mais, mas do outro lado, Jason Tatum também brilhou. O astro dos Celtics marcou 44 pontos e assumiu o protagonismo na partida para levar a franquia de Boston ao sexto triunfo consecutivo na temporada regular da NBA e, com isso, subir para a quarta colocação da Conferência Leste. Enquanto o time de San Francisco permanece na nona posição do Oeste.

Fora de casa, o San Antonio Spurs descolou uma vitória surpreendentemente dominante por 111 a 85 sobre o Phoenix Suns, na noite de sábado. Mesmo sem os seus principais atletas de rotação, incluindo o astro DeMar DeRozan, a franquia do Texas foi superior em quase toda a partida, muito graças a Drew Eubanks, que registrou seu segundo "double-double" nos últimos quatro jogos. Dessa vez, anotou 13 pontos e pegou o mesmo número de rebotes. Os Suns tiveram sua sequência de dez vitórias em casa interrompida, mas se mantiveram na vice-liderança do Oeste, atrás do Jazz. Os Spurs estão no décimo lugar da mesma conferência.

Confira os resultados dos jogos de sábado da NBA:

Los Angeles Lakers 127 x 115 Utah Jazz

Washington Wizards 121 x 100 Detroit Pistons

Chicago Bulls 106 x 96 Cleveland Cavaliers

Boston Celtics 119 x 114 Golden State Warriors

Milwaukee Bucks 115 x 128 Memphis Grizzlies

Phoenix Suns 85 x 111 San Antonio Spurs

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.