Mary Altaffer/AP
Mary Altaffer/AP

Em Nova York, Irving brilha pelo Celtics e ouve pedidos para assinar com o Knicks

Após troca de Porzingis para o Mavs, armador é um dos desejos da torcida local para reconstruir time

Redação, Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2019 | 09h22

O Boston Celtics venceu o New York Knicks por 113 a 99, em Nova York, pela rodada desta sexta-feira da NBA. O destaque da partida foi o armador Kyrie Irving, que marcou 23 pontos, pegou dez rebotes e deu seis assistências.

O desempenho do astro motivou a torcida nova-iorquina a pedir para que Irving se torne jogador do Knicks, o que pode acontecer depois de o contrato dele com o Boston se encerrar, em junho. Durante a partida, foi possível ouvir o grito organizado de "Nós queremos Kyrie" no Madison Square Garden.

Ciente do desejo dos torcedores, Kyrie preferiu desconversar. "Neste momento, isso não é mais do que uma distração, honestamente. Eu aprecio o carinho dos fãs, o apoio, mas o importante para mim é meu time e o que queremos conquistar na atual temporada, que é o título da NBA", disse o armador depois do jogo.

Também nesta sexta-feira, ainda  antes da partida contra o Knicks, Kyrie desconversou quando perguntado se renovaria contrato com a franquia dele. "Pergunte-me em 1º de julho. Eu vou fazer o que eu achar melhor para mim e para a minha família. Não devo nada a ninguém. Meu foco na atual temporada e ganhar o título com o Boston Celtics", afirmou.

Campeão da NBA em 2016, quando atuava pelo Cleveland Cavaliers, Kyrie pode assinar um próximo contrato no valor de US$ 188 milhões (cerca de R$ 689 milhões), divididos por cinco anos de vínculo, de acordo com as regras salariais da NBA. Nos últimos dias, o New York Knicks trocou uma série de jogadores, inclusive o letão Kristaps Porzingis, que não queria mais atuar pela franquia.

Por causa das negociações, o Knicks abriu espaço no orçamento para contratar duas estrelas a partir de julho, por isso especula-se que serão feitas propostas para jogadores como Kyrie, Kevin Durant, Kemba Walker e Klay Thompson. O Los Angeles Lakers e outras equipes também teriam interesse nesses atletas, mas não podem manifestar esse desejo porque a NBA proíbe tentativas de recrutamento a quem está com contrato vigente.

Apesar de ser um dos candidatos ao título da atual temporada, o Boston Celtics está apenas em quarto lugar na Conferência Leste, com 33 vitórias e 19 derrotas, desempenho abaixo do esperado que seria uma das razões para a insatisfação de Kyrie, bem como o papel dele na equipe. O Knicks tem a pior campanha de toda a NBA, com dez triunfos e 41 reveses.

 

Confira os resultados da rodada de sexta-feira da NBA:

Charlotte Hornets 100 x 92 Memphis Grizzlies

New York Knicks 99 x 113 Boston Celtics

Miami Heat 102 x 118 Oklahoma City Thunder

Utah Jazz 128 x 112 Atlanta Hawks

Denver Nuggets 136 x 122 Houston Rockets

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.