Divulgação/CBB
Divulgação/CBB

Em visita, Magnano vê Hettsheimeir pronto para Mundial da Espanha

'Ele está 100% disposto a defender seu país e com atitudes pró-seleção', disse o técnico

AE, Agência Estado

12 de maio de 2014 | 20h17

MÁLAGA - Depois de visitar os cinco brasileiros que atuam na NBA, nos Estados Unidos, o técnico Rubén Magnano está na Espanha para conversar com alguns atletas que pretende convocar para representar a seleção no Campeonato Mundial da Espanha, que acontecerá entre os dias 30 de agosto e 14 de setembro. A bola da vez foi o pivô Rafael Hettsheimeir, que voltou a atuar pelo Unicaja Málaga no sábado, após sofrer algumas lesões nos últimos meses, sendo a mais recente um problema na perna direita.

"Gosto muito do Rafael e sempre temos bons encontros. Falamos sobre a programação para a seleção brasileira e a sua melhora física. Ele retornou a jogar no sábado contra o Fuenlabrada e já ganhou minutos de quadra. Ele definitivamente está 100% disposto a defender seu país e com atitudes pró-seleção. Foi um encontro muito bom", declarou Magnano.

Um dos heróis do pré-Olímpico de 2011, na Argentina, Hettsheimeir ficou fora da Olimpíada do ano seguinte, em Londres, por conta de um problema no joelho. Com a recuperação física, ele está praticamente assegurado entre os nomes que disputarão o Mundial, e não escondeu a felicidade.

"Como sempre, foi muito bom receber o Rubén aqui na Espanha. Ele me explicou como será a programação da seleção e a importância do Mundial. Espero poder ajudar meu País a conquistar seus objetivos. Será um grande orgulho poder trabalhar com essa seleção", comentou.

Rubén Magnano conversaria ainda nesta segunda-feira com o armador Marcelinho Huertas, do Barcelona, sendo que o próximo encontro será com outro armador, Raulzinho, do Gipuzkoa Basket. Além dos nomes da NBA (Leandrinho, Anderson Varejão, Tiago Splitter, Nenê e Vitor Faverani), o treinador já conversou com Rafael Luz, Augusto Lima e Lucas Bebê, estes todos na Espanha.

A seleção brasileira de basquete está no Grupo A do Mundial, com sede em Granada, ao lado de França, Irã, Espanha, Sérvia e Egito. A estreia será contra o time francês, no dia 30 de agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.