Wilton Junior/AE
Wilton Junior/AE

Equipes comemoram sucesso de público na final do NBB

A média nos cinco jogos do playoff decisivo entra Flamengo e Brasília foi de 12.769 pessoas por partida

Bruno Lousada, Agencia Estado

28 de junho de 2009 | 19h51

Jogadores e comissão técnica de Flamengo e Brasília consideraram um sucesso a realização da primeira edição do Novo Basquete Brasil (NBB). A média de público nos cinco jogos do playoff final é de impressionar: 12.769 pessoas por partida. O Campeonato Brasileiro de futebol deste ano tem média de 14.550, tendo como base 67 jogos, segundo o site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Veja também:

linkFlamengo vence Brasília e conquista título do NBB

A NBB teve cinco meses de disputa, com 237 jogos, que atraíram 593.847 mil pessoas aos ginásios. As médias de público foram de 2 mil na fase de classificação, 3 mil nas quartas de final e 3.500 nas semifinais. "Foi a ressurreição do basquete", disse o armador Duda, do Flamengo.

A intenção da organização da NBB é aumentar o número de participantes, de 15 para 18, no máximo, na segunda edição da competição, que deve começar em outubro. "O NBB deu certo. Os estádios voltaram a ficar cheios. Voltei até a ser conhecido", brincou o ala Alex, do Brasília.

O vice-presidente de esportes olímpicos do Flamengo, João Henrique Areias, disse que o basquete é um belo produto e pode ser melhor explorado. "O time rubro-negro se sustenta sozinho. Não precisa usar dinheiro do futebol para se manter", explicou.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.