Divulgação
Divulgação

Érika volta ao Brasil para disputar a Liga de Basquete pela segunda vez

Pivô de 31 anos buscará o bicampeonato nacional com o Sport Recife após excelente temporada na WNBA

Amanda Romanelli, O Estado de S. Paulo

31 de outubro de 2013 | 07h56

SÃO PAULO - Estrela da WNBA e com experiência de dez anos na Liga Espanhola, Érika tinha o sonho de poder voltar a jogar no Brasil. O desejo se tornou realidade no fim do ano passado e, agora, ganhou repeteco: a pivô está confirmada no Sport Recife para a disputa da Liga de Basquete Feminino (LBF). A próxima edição do torneio, que começa dia 30, foi apresentada oficialmente na quarta-feira. Este ano, a entidade conseguiu afastar a crise financeira. Na temporada passada, a perda de patrocinadores quase extinguiu a LBF, que durou apenas três meses.

 

Com o apoio da Bombril e do Grupo Petrópolis, o torneio terá oito equipes e duração até abril. Segundo o presidente Marcio Cataruzzi, a Liga ganhou a "energia" de Hortência Marcari, que assumiu a diretoria executiva após deixar a CBB. As modificações na LBF deixam Érika ansiosa na busca pelo bicampeonato com a equipe recifense, que derrotou Americana para ficar com o título. "Estou feliz de voltar ao Sport, de poder contribuir com a minha experiência, tanto para as meninas mais novas quanto para a Liga", comentou. "No Brasil, cada dia é uma surpresa. Agora vamos ter um campeonato maior, jogos de ida e volta, é uma oportunidade a mais de as pessoas verem que o basquete feminino não é brincadeira."

 

Neste ano, Érika foi vice-campeã da WNBA com o Atlanta Dream e se tornou a primeira brasileira indicada a MVP. Com média de 11 pontos e 9,9 rebotes por jogo, a pivô de 31 anos diz que essa foi uma de suas melhores temporadas nos EUA. "Foi meu melhor ano lá, e é por isso que eu estou sempre voltando a jogar na WNBA."A liga americana tirou Érika da Copa América do México, onde a seleção brasileira se classificou para o Mundial da Turquia – campeonato em que, ela garante, estará.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteÉrikaLBFWNBASport

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.