Mark Blinch/Reuters
Mark Blinch/Reuters

Estados Unidos conquistam Mundial de basquete após 16 anos

País retomou sua hegemonia na competição com um 81 a 64 sobre a dona da casa Turquia

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2010 | 18h08

Os Estados Unidos venceram a Turquia por 81 a 64, neste domingo, em Istambul, e voltaram a conquistar um Mundial masculino de basquete depois de 16 anos. Com o título, o país retomou a sua hegemonia na competição e consagrou uma campanha de nove vitórias em nove partidas.

Veja também:

mais imagens IMAGENS - As melhores fotos da decisão

Campeões mundiais também em 1954, 1986 e 1994, os norte-americanos não se abalaram com o forte apoio da torcida que novamente lotou o ginásio Sinan Erdem e voltaram a contar com uma grande atuação de Kevin Durant, cestinha da última temporada da NBA, para assegurar o título.

O ala do Oklahoma City Thunder marcou 28 pontos e foi o cestinha da final. Ele teve aproveitamento de mais de 50% nos arremessos de três pontos - acertou sete de 13 tentativas - e ainda pegou dez rebotes. Além disso, os Estados Unidos tiveram Lamar Odom e Russell Westbrook se destacando com 15 e 13 pontos, respectivamente.

Pelo lado da Turquia, o principal destaque foi o ala Hedo Turkoglu, com 16 pontos, mas a sua atuação esteve longe de assustar os norte-americanos.

Mesmo desfalcado dos seus 12 campeões olímpicos em Pequim-2008, os Estados Unidos mostraram mais uma vez uma grande força defensiva e velocidade no ataque, marcas registradas da equipe. Apenas no primeiro quarto do confronto, que terminou com vantagem de 22 a 17 para os visitantes, eles viram o seu domínio ameaçado pela equipe da casa.

A partir do segundo, porém, os Estados Unidos começaram a atropelar, muito graças a Kevin Durant, que garantiu 20 dos 42 pontos marcados pelos Estados Unidos até o final deste período, que terminou em 42 a 32.

No terceiro quarto, a Turquia chegou a esboçar uma reação, mas a parcial terminou em 61 a 48 para os norte-americanos, que no período derradeiro apenas administraram o domínio e sufocar os turcos com velocidade e uma defesa sólida no garrafão, fechando o confronto com 17 pontos de vantagem no placar.

VAGA ASSEGURADA - Com o título, os Estados Unidos se classificaram automaticamente para a próxima edição dos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, fato que pode ser festejado pelo próprio Brasil, que não terá o poderoso rival no seu caminho na luta por uma vaga na competição. Curiosamente, o time brasileiro foi quem mais deu trabalho aos Estados Unidos neste Mundial. Em confronto válido pela primeira fase da competição, a equipe comandada por Rubén Magnano perdeu por apenas dois pontos (70 a 68).

Em jogos disputados também neste domingo, foram travadas as disputas de terceiro e quinto lugar do Mundial. A Lituânia garantiu a medalha de bronze ao vencer a Sérvia por 99 a 88, enquanto a Argentina ficou com o quinto posto ao bater a Espanha por 86 a 81.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteMundialEstados UnidosTurquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.