EUA, Grécia e Itália vencem e se classificam no Japão

Mais três seleções conseguiram, nesta terça-feira, a classificação para as oitavas-de-final do Mundial de basquete masculino, que está sendo realizado no Japão. A favorita equipe dos Estados Unidos, mais Grécia e Itália, se juntam à Argentina, Espanha e Angola na lista dos 16 melhores da primeira fase da competição.Em Sapporo, pelo Grupo D, os Estados Unidos não tiveram trabalho para derrotar a Eslovênia por 114 a 95 e se manter invicto na competição com três vitórias. O armador Dwayne Wade, do Miami Heat, foi o melhor em quadra com 20 pontos. O ala LeBron James, astro do Cleveland Cavaliers, fez 19 e Elton Brand anotou 16. Pelos eslovenos, Sani Becirovic foi o cestinha com 18 pontos.Pela mesma chave, a Itália também conseguiu a terceira vitória consecutiva ao bater Senegal por 64 a 56. Matteo Soragna e Marco Mordente foram os destaques da vice-campeã olímpica com 15 e 14 pontos, respectivamente. O jogo não foi tão fácil, já que os africanos venciam por 12 pontos no final do terceiro período. Nesta quarta acontecerá o duelo mais esperado do grupo entre italianos e norte-americanos.Pelo Grupo C, em Hamamatsu (o mesmo do Brasil), a Grécia sofreu para ganhar da Austrália por 72 a 69. A poucos segundos do final, os gregos conseguiram o empate em 69 numa cesta de três pontos de Antônios Fotsis. Os australianos saíram com a bola, mas a perderam e Nikos Zisis fez outra de três, com apenas 1 segundo faltando no cronômetro, e venceu o jogo. Com três vitórias, a Grécia luta agora pela liderança da chave; os australianos, com uma vitória e duas derrotas, precisam vencer Qatar e Lituânia para se classificar.Os lituanos, aliás, conseguiram a primeira vitória no torneio ao marcar 106 a 65 no Qatar. Os cestinhas da partida foram Ksystof Lavrinovic, da Lituânia, e Saad Abdulrahman Ali, da seleção asiática, com 20 pontos cada. Com três derrotas, a seleção do Qatar está praticamente eliminada - precisa ganhar de Turquia e Austrália para se classificar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.