Divulgação/Euroliga
Divulgação/Euroliga

Euroliga de basquete cancela temporada por causa da pandemia do coronavírus

Saúde dos atletas e torcedores foi o motivo da decisão, anunciada nas redes sociais

Redação, Estadão Conteúdo

25 de maio de 2020 | 10h14

Os onze clubes que fazem parte do Comitê Executivo da Euroliga de basquete decidiram, nesta segunda-feira, cancelar a temporada da competição e também da Eurocopa por causa da pandemia do coronavírus. O anúncio foi feito nas redes sociais. Durante a reunião feita por teleconferência ficou decidido também que a próxima temporada da Euroliga começará em 1.º de outubro, enquanto a Eurocopa em 30 de setembro.

Entre as razões apresentadas para o cancelamento está a preocupação com a saúde dos jogadores, torcedores e treinadores, por causa da evolução da covid-19 nos diferentes países onde se disputam a Euroliga e Eurocopa. A Euroliga reconhece que as restrições de viagens para alguns países europeus "não garante que todas as equipes possam se deslocar seus jogos e que um período de treinamento de menos de três semanas pode causar "um risco aumentado de lesão" para os jogadores.

A entidade agradeceu as "muitas cidades e regiões europeias que se ofereceram para ser sede das fases finais das competições. "Sem dúvida, foi a decisão mais difícil que tivemos que tomar em nossos vinte anos de história. Por razões fora do nosso controle, fomos forçados a cancelar umas das temporadas mais emocionantes", afirmou o CEO da Euroliga, Jordi Bertomeu.

"Obviamente, tínhamos muitas motivações para continuar a temporada 2019-20, mas em uma situação excepcional, tivemos que colocar a saúde das pessoas à frente de qualquer outro interesse pessoal", acrescentou Bertomeu, que afirmou estar orgulhoso "dos clubes e de seus donos" pela coragem em suas decisões e sua contribuição generosa em um momento tão difícil."

Tudo o que sabemos sobre:
basquetecoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.