Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ex-árbitro da NBA inicia pena por manipulação de jogos

Tim Donaghy assumiu culpa e ficará 15 meses numa penitenciária de segurança mínima, na Flórida

Redação,

24 de setembro de 2008 | 15h24

Pivô do escândalo de apostas ilegais na NBA, o ex-árbitro Tim Donaghy se apresentou, nesta quarta-feira, à prisão Saufley Field, na Flórida, de segurança mínima, para cumprir sua pena de 15 meses, aplicada em julho deste ano.Donaghy foi condenado por crimes de fraude e fornecimento de informação privilegiada com o intuito de lucrar com apostas ilegais de jogos da NBA que apitou. O escândalo foi muito forte e o Comissário de NBA, David Stern, tratou de dizer que Donaghy era o único árbitro envolvido em tal esquema.O ex-árbitro, no entanto, tratou de esquentar ainda mais o assunto ao dizer que mais dois árbitros estariam envolvidos em manipulação de resultados, dando como exemplo o jogo 6 da final da Conferência Oeste de 2002 entre o Los Angeles Lakers e o Sacramento Kings. Na ocasião, o time de Los Angeles teria sido beneficiado para, então, virar a série melhor-de-sete e chegar à final da NBA.A sugestão de manipulação de tal jogo não foi levada a sério pela NBA. Em contrapartida, o FBI continuou com sua investigação e levou à prisão mais dois envolvidos: James Battista, que cumpre pena de 15 meses em Nova York, por fornecimento de informações privilegiadas, e Thomas Martino, condenado a um ano por pagamento de propina a Donaghy.

Tudo o que sabemos sobre:
NBATim DonaghyDavid Stern

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.