Divulgação/Liga Sorocabana de Basquete
Divulgação/Liga Sorocabana de Basquete

Federação Israelita repudia postagem de técnico de basquete vestido como Hitler

Rinaldo Rodrigues, treinador da Liga Sorocabana diz ter feito brincadeira por causa de seu corte de cabelo

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2020 | 10h28

A Federação Israelita do Estado de São Paulo manifestou repúdio ao treinador e gestor da Liga Sorocabana de Basquete, Rinaldo Rodrigues, após ele ter aparecido em seu perfil no Instagram utilizando um filtro que o transformava em Adolf Hitler.

Questionado pela Federação Israelita sobre a publicação, o técnico justificou que se tratava de uma “brincadeira” por causa do corte de seu cabelo, que estaria semelhante ao do ditador alemão, que matou 6 milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

A Federação considerou o gesto de Rinaldo Rodrigues como “indesculpável” e afirmou que não irá tolerar o que treinador chamou de “brincadeira”, já que se trata de um tema sensível a toda comunidade judaica.

“Trata-se de uma atitude indesculpável e que merece toda forma de condenação possível. Não toleraremos ‘brincadeiras’ com temas tão sensíveis para todos nós”, avaliou a entidade, que ainda afirmou estar tomando medidas em relação ao acontecimento, a partir de seu corpo jurídico. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteFederação Israelita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.