Fiba rejeita recurso e mantém ponto da Lituânia

A Federação Internacional de Basquete (Fiba) rejeitou neste domingo o recurso de Austrália, Argentina, Brasil e Canadá contra a seleção da Lituânia no Mundial Feminino disputado em São Paulo. O protesto foi contra o ponto conquistado pelas lituanas na derrota por W.O. na primeira rodada do campeonato. A confusão toda aconteceu porque a delegação da Lituânia passou pela Guiana Francesa antes de chegar ao Brasil e não tomou a vacina contra a febre amarela - existe uma epidemia da doença naquele país. Depois de muita negociação com as autoridades brasileiras, as lituanas conseguiram entrar no País. Mas o problema provocou a ausência da Lituânia na primeira rodada. Mesmo só disputando o campeonato a partir do segundo jogo, a seleção passou para a segunda fase do Mundial. Como as seleções levam para a segunda fase os pontos conquistados na primeira, os adversários da Lituânia no Grupo E entraram com protesto contra o ponto ganho no W.O., que não está previsto no regulamento da Fiba. Mas a entidade manteve a pontuação diante do caráter excepcional do caso.

Agencia Estado,

17 Setembro 2006 | 15h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.