Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Final do NBB 2014/15 será disputada em melhor de três jogos

Direção da liga definiu a mudança atendendo a pedidos dos clubes. Decisão desagrada às TVs, que pediam para final ter jogo único

Estadão Conteúdo

12 de agosto de 2014 | 19h01

Depois de três anos seguidos com o incomum sistema de jogo único, o NBB passará a ter sua decisão disputada em uma série melhor de três jogos. Nesta terça-feira, a direção da liga se reuniu em São Paulo e definiu a mudança. Agora, para ser campeão nacional, a equipe precisará vencer duas partidas da série decisiva.

Esta será a primeira vez que o NBB é decidido desta forma. Em suas três primeiras edições, o campeonato teve a final disputada em uma série melhor de cinco jogos. Já nos últimos três anos, por conta de um pedido da TV Globo, a decisão passou a acontecer em jogo único, algo bem incomum em torneios de basquete e que irritou os clubes.

Apesar da alteração anunciada nesta terça, a final do NBB seguirá sendo televisionada na televisão aberta. A TV Globo transmitirá ao vivo a segunda partida e também passará o terceiro e decisivo duelo, caso necessário. Por sua vez, o SporTV transmitirá o primeiro confronto da decisão.

"É inegável o ganho para o basquete brasileiro. A emoção agora será multiplicada por três e tenho certeza de que teremos uma grande final nesta temporada. Aliado a isso conseguimos manter a decisão do NBB na TV aberta, agora com a possibilidade de duas partidas ao vivo. Demos mais um passo para alavancar ainda mais a visibilidade do basquete dentro do nosso país e, como sempre, contamos com o apoio da TV Globo. Essa é uma decisão muito importante para a continuidade do crescimento do NBB", declarou o presidente da Liga Nacional de Basquete (LNB), Cássio Roque.

Além da alteração, a reunião desta segunda-feira confirmou a participação das 16 equipes no torneio nacional. São elas: Flamengo (atual campeão), Paulistano (atual vice), São José, Mogi das Cruzes, Brasília, Limeira, Bauru, Franca, Pinheiros, Uberlândia, Basquete Cearense, Palmeiras, Macaé, Liga Sorocabana, Minas Tênis Clube e o estreante Rio Claro.

A fórmula de disputa da competição foi mantida. Os 12 melhores colocados na fase de classificação avançarão à fase final, que seguirá disputada a partir das oitavas de final, sempre em uma melhor de cinco jogos (com exceção da final). As partidas de número 1, 2 e 5 acontecerão na casa da equipe com melhor campanha na fase de classificação, e os jogos 3 e 4 ocorrerão sob o mando do time com campanha inferior.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBBfinal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.