Final no basquete terá clássico Ribeirão Preto x Franca

Uma das maiores rivalidades do basquete masculino brasileiro vai entrar em quadra na decisão do título da 17ª edição do Campeonato Nacional: Franca x Ribeirão Preto. O primeiro jogo do playoff em melhor-de-cinco jogos será na sexta-feira e o segundo no domingo. Nesta segunda-feira, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) decidirá por qual cidade começará a decisão. Franca tem vantagem no mando dos jogos. ?Pela proximidade entre as cidades, os títulos que Ribeirão tem conquistado nos últimos anos... tudo isso, gera uma grande motivação?, afirmou o técnico francano Hélio Rubens Garcia. Neste domingo, o Franca/Mariner/Unimed, jogando em casa, com o ginásio do Pedrocão totalmente lotado (7.589 pessoas), derrotou o COC/Ribeirão Preto por 95 a 88 (49 a 46), com 34 pontos do cestinha Rogério. Com o resultado, Franca conseguiu sua vaga na final ao terminar o hexagonal semifinal em primeiro lugar, com nove pontos (quatro vitórias e uma derrota). Ribeirão, que teve 28 pontos do armador Nezinho, ficou em segundo, com oito pontos (três vitórias e duas derrotas). ?É uma alegria grande. Alcançamos o objetivo de chegar na final num hexagonal que foi fantástico, com jogos muito equilibrados. O apoio da torcida foi muito importante?, comentou Hélio Rubens. ?Foi um jogo emocionante, disputado ponto a ponto e definido nos segundos finais, um grande clássico. Disputar o título é motivação enorme, pois só as equipes de ponta chegam à final do Nacional?, disse o técnico Aloísio Ferreira, o Lula, que comanda a seleção brasileira. Hélio conversou com Lula após o jogo e ambos ponderaram que a rivalidade motivará o basquete, criando um interesse que é importante num momento em que a modalidade atravessa uma crise. Também neste domingo, na última rodada do hexagonal, no confronto dos times que disputam a Nossa Liga de Basquete (NLB), a Ulbra/Torres derrotou a Telemar por 104 a 97. O Universo/BRB, de Brasília, venceu o Bandeirantes/Rio Claro por 85 a 82.

Agencia Estado,

21 Maio 2006 | 19h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.