Gilson Borba/F5Fotoagencia
Gilson Borba/F5Fotoagencia

Flamengo estreia com vitória sobre Vila Velha na temporada 2010/11 do NBB

Com 28 pontos do ala Marcelinho, equipe carioca vence o jogo por 90 a 70

estadão.com.br,

17 de novembro de 2010 | 23h53

Jogando como mandante, mas na casa do adversário, o Flamengo superou nesta quarta-feira o Vila Velha/Garoto/BMG, por 90 a 70, em partida válida pela terceira rodada do NBB. A vitória marcou a estreia dos cariocas na competição.

O Flamengo não pôde utilizar a Arena HSBC, e por isso optou em jogar no Ginásio João Goulart, o Tartarugão, na cidade de Vila Velha (ES). Apesar de não estar diante da torcida carioca, o rubro-negro contou com o apoio de flamenguistas capixabas e não deixou o adversário se sentir em casa durante a partida.

O ala Marcelinho foi o principal nome do confronto, anotando 28 pontos, seis rebotes, cinco assistências e cinco roubos de bola. Além dele, os pivôs Teichmann, com um duplo-duplo de 20 pontos e 10 rebotes, e Bábby, com 17 pontos e nove rebotes, também se destacaram. Pelo lado do Vila Velha, o ala sérvio Dusan foi o cestinha com 21 pontos.

Partida. O Vila Velha começou o jogo com a mão quente nos arremessos de fora. No primeiro quarto, os capixabas acertaram seis dos dez chutes de 3 pontos tentados, abrindo 18 a 17 no placar. Mas o Fla não se intimidou e explorou bem os pivôs dentro do garrafão. Bábby e Teichmann jogaram individualmente lá embaixo e distribuíram bem o jogo para Marcelinho, Fred e Guto, levando o time à vitória na primeira etapa por 22 a 19.

O aproveitamento de três pontos do Vila Velha continuou alto (quatro acertos em sete tentativas) no segundo quarto e o sistema ofensivo da equipe passou a ter mais opções, principalmente com o ala/pivô Roberto. Enquanto isso, no Flamengo, o ala Marcelinho chamou a responsabilidade e marcou 11 dos 19 pontos da equipe no período. A partida ficou bastante equilibrada e o rubro-negro foi para o intervalo ainda com a liderança (41 a 40).

No retorno para o terceiro quarto, o Vila Velha não começou bem, errando muito no ataque (seis erros de quadra). O Flamengo aproveitou o mau momento do adversário e insistiu, novamente, no jogo de garrafão. Bábby e Teichmann carregaram o time do Espírito Santo de faltas. Os dois arremessaram 10 lances livres no período, acertando nove deles. E a vantagem foi crescendo no marcador.

Vencendo por uma diferença de 12 pontos (68 a 56), os cariocas foram para o último quarto com o objetivo de administrar o placar. Porém, Vila Velha não mostrou muito poder de reação e, assim, os cariocas conseguiram ainda ampliar a vantagem no final.

A importância da vitória para o Flamengo foi maior ainda devido a ausência de quatro jogadores, que cumpriram suspensão: o armador Hélio, o ala/armador Duda e os alas/pivôs Jefferson e Wagner.

"O desfalque desses jogadores exigiu de cada um de nós um pouco a mais nesse jogo para que conseguíssemos sair com a vitória. Conseguimos fazer isso. Estreamos bem e, agora, vamos dar sequência a essa fase de classificação em que todas as partidas são importantes", disse Teichmann.

Confira os resultados da terceira rodada do NBB:

14/10 - Domingo

Interforce/Minas 92 x 78 Vitória Basquete/CECRE

Paulistano/Amil 83 x 77 Assis Basket

Pinheiros/SKY 95 x 97 Itabom/Bauru

Winner/Limeira 72 x 86 Araldite/Univille

15/10 - Segunda-feira

Unitri/Universo 95 x 88 Araraquara

Uniceub/BRB/Brasília 67 x 69 Vivo/Franca

17/10 - Quarta-feira

Flamengo 90 x 70 Vila Velha/Garoto/BMG

Tudo o que sabemos sobre:
NBBbasqueteFlamengoVila Velha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.