Divulgação
Divulgação

Flamengo vence Brasília e conquista título do NBB

Equipe carioca fica com a primeira edição da competição nacional; Marcelinho é o destaque, com 27 pontos

AE, Agencia Estado

28 de junho de 2009 | 12h43

Em um jogo tumultuado, o Flamengo/Cia do Terno conquistou o título do Novo Basquete Brasil (NBB), neste domingo, ao derrotar o Universo/BRB/Financeira pelo placar de 76 a 68, no Rio de Janeiro, na última partida da série melhorde-cinco.

Veja também:

linkEquipes comemoram sucesso de público na final do NBB

A final da primeira edição do torneio começou a ser disputada no dia 11 de junho, com uma vitória dos cariocas por 81 a 74, fora de casa. O Brasília reagiu na partida seguinte e, na casa do rival, venceu por 81 a 71, dois dias depois.

O terceiro jogo foi vencido pelo Flamengo, que tinha a chance de fechar a série no quarto confronto. A equipe do Distrito Federal, porém, evitou a conquista antecipada ao empatar novamente o confronto, fazendo 82 a 78 no quarto jogo.

Com mais esse título, o Flamengo corou uma temporada marcada por altos e baixos. A equipe conquistou o tetracampeonato estadual e a Liga Sul-Americana, apesar de enfrentar salários atrasados, problemas para conseguir patrocínio e a dificuldade até para ter uma ginásio para sediar os seus jogos.

Resolvidos os problemas fora de quadra, a equipe mostrou consistência durante a competição, terminando a fase de pontos corridos na liderança da tabela. A boa campanha nos playoffs foi coroada neste domingo, diante de quase 16 mil torcedores.

A partida decisiva foi equilibrada desde o início, embora o Flamengo não tenha perdido a dianteira do placar. O começo ainda foi marcado por um tumulto dentro de quadra, que resultou nas expulsões do pivô Baby e do ala/pivô Cipriano.

Após falta de Cipriano em Marcelinho, Baby foi tirar satisfações com o rival e jogadores das duas equipes iniciaram um empurra-empurra que ficou perto de desbancar para a violência generalizada.

Passados 15 minutos, a partida foi retomada e o Flamengo se manteve na frente, terminando o primeiro tempo com 42 a 36. Na volta do intervalo, o Brasília reagiu e reduziu a diferença. Mas os cariocas não se descuidaram e mantiveram o bom ritmo para fechar o jogo.

Assim como ocorreu em boa parte da competição, Marcelinho foi o destaque do Flamengo, com 27 pontos. Diego marcou 21 pelo Brasília, que também contou com grande atuação de Alex.

Ao final da partida, Marcelinho comemorou mais esse título e elogiou a equipe adversária. "É muito especial. O título foi ainda mais especial por causa da equipe de Brasília, que é muito forte e também poderia ser campeã. Nosso time está de parabéns".

O técnico do Flamengo, Paulo Chupeta, também festejou a atuação da equipe. "Foi um jogo digno de final, equilibrado, tumultuado. Não foi só o flamengo que ganhou, foi o basquete brasileiro, foi o NBB", ressaltou o treinador.

Destaque do Brasília, Alex destacou o equilíbrio da decisão. "O jogo foi aberto até o final, faltando 20 segundos para acabar. Qualquer um podia ser campeão", afirmou o atleta. "Eu podia ter contribuído mais com a equipe. Mas todos jogaram bem e honraram a camisa do Brasília".

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBBBrasíliaFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.