Ben Margot/AP
Ben Margot/AP

Fora de casa, Celtics surpreendem e arrasam Warriors na NBA

Visitantes contaram com grande atuação de Gordon Hayward para fazer 128 a 95, em Oakland

Redação, Estadão Conteúdo

06 de março de 2019 | 08h54

Em ritmo lento desde o All-Star Game, o Boston Celtics surpreendeu na noite desta terça-feira ao faturar uma contundente vitória sobre o Golden State Warriors, atuais bicampeões da NBA. Jogando na casa do rival, em Oakland, os Celtics terminaram o duelo com 33 pontos de vantagem, com o placar registrando 128 a 95.

Diante de um adversário quase irreconhecível, os visitantes contaram com grande atuação de Gordon Hayward, que deixou o banco de reservas para ser o cestinha da partida, com 30 pontos. Ele contribuiu ainda com sete rebotes e quatro assistências.

Com um time mais equilibrado no entrosamento e também tecnicamente, os Celtics tiveram ainda o brilho de Kyrie Irving, responsável por um "double-double" de 19 pontos e 11 assistências. Jaylen Brown também saiu do banco para anotar 18 pontos e Jayson Tatum ajudou com 17.

Do outro lado da quadra, Stephen Curry até tentou fazer os Warriors reagirem, com seus 23 pontos (foram quatro cestas de três pontos), mas os companheiros de time não acompanharam. Kevin Durant anotou 18 pontos e Klay Thompson ficou de fora, por lesão. Foi substituído por Alfonzo McKinnie, que não passou dos sete pontos.

O resultado deve dar confiança aos Celtics para voltarem à briga pelas primeiras posições da Conferência Leste. O time soma 39 vitórias e 26 derrotas e ocupa o quinto lugar da tabela. No Oeste, os Warriors lideram, com 44 triunfos e 20 derrotas, exibindo a terceira melhor campanha da temporada regular até agora.

Em outro grande jogo desta terça, o Houston Rockets também surpreendeu ao derrubar o vice-líder do Leste. Em casa, o Toronto Raptors foi batido por 107 a 95. James Harden, MVP da temporada passada, liderou os visitantes, com seus 35 pontos.

Assim, ele ampliou sua série para 39 jogos seguidos em que marcou ao menos 28 pontos. Trata-se da segunda maior sequência da história, atrás apenas de Wilt Chamberlain, com 71 partidas.

Gerald Green registrou 18 pontos e Eric Gordon e Austin Rivers marcaram 13 pontos cada. Pelo time canadense, Kawhi Leonard foi o destaque, com 26 pontos, e Serge Ibaka obteve um "double-double" de 10 pontos e 15 rebotes.

Com seu 39º triunfo (tem 25 derrotas), os Rockets seguem se aproximando dos líderes do Oeste. Estão em terceiro lugar agora, atrás dos Warriors e do Denver Nuggets. Já os Raptors continuam no segundo posto no Leste, com 46 vitórias e 19 derrotas.

Ainda nesta rodada da NBA, o Minnesota Timberwolves bateu o Oklahoma City Thunder por 131 a 120, diante de sua torcida. Karl-Anthony Towns brilhou em quadra ao anotar nada menos que 41 pontos e ainda contribuir com 14 rebotes, em mais um "double-double" na temporada. Ele soma assim 182 pontos marcados nos últimos cinco jogos.

Pelo time de Oklahoma, Russell Westbrook se destacou com um "double-double" de 38 pontos e 13 rebotes. Apesar do revés, o Thunder segue no quarto posto do Oeste, com 39 triunfos e 25 derrotas. E os Timberwolves seguem na busca por um lugar na zona de classificação aos playoffs. Estão em 10º lugar, com 30 vitórias e 34 derrotas.

Confira os resultados da noite desta terça-feira:

Indiana Pacers 105 x 96 Chicago Bulls

Philadelphia 76ers 114 x 106 Orlando Magic

Toronto Raptors 95 x 107 Houston Rockets

Memphis Grizzlies 120 x 111 Portland Trail Blazers

Minnesota Timberwolves 131 x 120 Oklahoma City Thunder

Golden State Warriors 95 x 128 Boston Celtics

Acompanhe os jogos desta quarta-feira:

Charlotte Hornets x Miami Heat

Detroit Pistons x Minnesota Timberwolves

Washington Wizards x Dallas Mavericks

Atlanta Hawks x San Antonio Spurs

Brooklyn Nets x Cleveland Cavaliers

Chicago Bulls x Philadelphia 76ers

New Orleans Pelicans x Utah Jazz

Phoenix Suns x New York Knicks

Sacramento Kings x Boston Celtics

Los Angeles Lakers x Denver Nuggets

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.