Divulgação/CBB
Divulgação/CBB

Fora do Sul-Americano, seleção de basquete feminino joga Copa América por ranking

Equipe está impedida de disputar competição na Colômbia por questões sanitárias, mas garante presença no torneio que será em Porto Rico

Redação, Estadão Conteúdo

13 de abril de 2021 | 14h32

O Brasil está classificado para a Copa América (AmeriCup) de basquete feminino, que será disputada entre os dias 11 e 19 de junho, em Porto Rico. A seleção, contudo, não disputará o Sul-Americano. A Confederação Sul-Americana de Basquetebol (Consubasquet) confirmou a realização o torneio da América do Sul entre os dias 10 e 16 de maio, em Cali, na Colômbia, mas, por questões sanitárias ligadas à pandemia da covid-19, o time brasileiro segue proibido de ingressar em solo colombiano, como já havia acontecido na janela das Eliminatórias da Copa América masculina.

Em comunicado divulgado nesta terça-feira, a Consubasquet informou à Fiba Américas que "apesar dos esforços da Federação anfitriã, a afiliada Confederação Brasileira de Basketball se classificará diretamente para a AmeriCup pelo ranking, tendo em conta a impossibilidade de seu ingresso à Colômbia por motivos inerentes à covid-19".

"Estávamos prontos para jogar o Sul-Americano. Queríamos buscar nossa classificação dentro de quadra. Com planejamento pronto da comissão técnica e de todo o departamento. E com todos os rígidos protocolos da FIBA para a pandemia da covid-19. Mas temos que respeitar a posição da Colômbia e pelo ranking, por liderarmos e por esportivamente não termos qualquer medida a tomar, vamos à AmeriCup diretamente e tenho certeza que faremos bonito em Porto Rico", disse o presidente da CBB, Guy Peixoto.

O Brasil lidera o ranking sul-americano de seleções. O Sul-Americano distribui quatro vagas para a próxima Copa América, que terá 10 países. Com a classificação imediata do Brasil, restam agora três vagas em jogo. A competição das Américas também já conta com Porto Rico, Ilhas Virgens, República Dominicana, El Salvador, Canadá, Estados Unidos e agora o Brasil.

O torneio será jogada em San Juan, no Coliseo Roberto Clemente, e é o primeiro passo da jornada de classificação das seleções femininas para o Mundial de 2022, na Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.