Franca bate Pinheiros no fim e vai às semifinais do NBB

Com o triunfo por 73 a 71, time faz 3 a 0 na série melhor de cinco

AE, Agência Estado

25 de abril de 2010 | 16h33

O Vivo/Franca se tornou na tarde deste domingo o terceiro time classificado às semifinais do Novo Basquete Brasil (NBB). Em casa, a equipe francana vacilou no fim, mas conseguiu a reação necessária para garantir a vitória por 73 a 71 sobre o Pinheiros/Sky. O triunfo fez 3 a 0 na série melhor de cinco partidas e fechou o confronto das quartas.

O Franca busca o título inédito do NBB. Na primeira edição, no ano passado, o time foi eliminado nas quartas pelo Universo/BRB/Financeira Brasília, que acabou perdendo para o Flamengo na final. Agora, o time do Distrito Federal está novamente classificado para as semifinais, assim como o Pitágoras/Minas, restando apenas a definição do confronto entre Flamengo e São José/Unimed/Vinac.

Apesar da vitória suada, o Franca controlou boa parte do jogo neste domingo. No início, o time da casa abriu vantagem e chegou a ir para o intervalo vencendo por 43 a 32. Mas o Pinheiros mostrou que não estava entregue na volta dos vestiários. No terceiro quarto, a equipe paulistana já diminuiu a diferença e partiu embalada para o período final.

Em um final de jogo emocionante, o Pinheiros passou à frente restando cerca de três minutos. Com 45 segundos para o fim, o time da capital vencia por 71 a 68, até que brilhou e estrela do ala Márcio. Ele anotou os últimos cinco pontos do Franca e garantiu o triunfo. No último lance, o armador norte-americano Brewer ainda tentou o arremesso de três que daria a vitória ao Pinheiros, mas falhou.

Além das duas cestas decisivas, Márcio ainda terminou como cestinha do Franca, com 21 pontos. O ala Cauê e o armador Helinho anotaram 14 pontos cada, sendo que o último ainda distribuiu mais nove assistências. Já o pivô norte-americano Williams se destacou no garrafão, com um duplo-duplo de dez pontos e 14 rebotes.

Pelo Pinheiros, outro jogador dos Estados Unidos foi o destaque. O ala Shamell terminou como cestinha do duelo, com 24 pontos. O pivô Olivinha também foi bem e anotou um duplo-duplo de 19 pontos e 12 rebotes, mas não conseguiu evitar a eliminação de sua equipe.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBBFrancaPinheiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.