Franciele, da seleção, troca de time no basquete espanhol

Pivô é repassada pelo Rivas Futura ao Mann Filter, time inferior tecnicamente, para ganhar experiência

EFE

17 de janeiro de 2008 | 12h53

A pivô Franciele, de 20 anos e uma das apostas da nova geração do basquete brasileiro, trocou de clube no basquete da Espanha: foi emprestada pelo Rivas Futura ao Mann Filter, para ganhar experiência. A jogadora chegou à Espanha na quarta e assinou com o Rivas por quatro temporadas. Porém, ela só fez um treino na equipe e acabou repassada. Franciele, de 1,87 metro, veio do Jundiaí. No Campeonato Paulista, ela teve médias de 14,2 pontos e 9,2 rebotes. Convocada para o Mundial sub-21, ela teve médias de 14,8 e 9,4 rebotes, respectivamente. A boa atuação na competição de base fez com que ela fosse convocada pelo treinador Paulo Bassul para a disputa do Sul-americano feminino com a equipe principal. No torneio, ela fez 7,8 pontos e 5,4 rebotes em 16,8 minutos de média. Agora, poucos meses depois de chegar aos 20 anos, Franciele tem sua primeira experiência num campeonato europeu.

Tudo o que sabemos sobre:
Franciele

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.