Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Ginásio do Corinthians receberá jogos da seleção brasileira de basquete nas Eliminatórias

Duelo contra a República Dominicana e Canadá serão realizadas na casa onde a equipe alvinegra manda suas partidas

O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2018 | 15h30

O ginásio poliesportivo Wlamir Marques, do Corinthians, será o palco dos dois próximos jogos da seleção brasileira masculina de basquete pelas Eliminatórias das Américas para a Copa do Mundo da China. A equipe comandada pelo técnico Aleksandar Petrovic encara a República Dominicana, dia 30 de novembro, e o Canadá, dia 3 de dezembro.

A seleção brasileira não joga em São Paulo desde o Pré-Olímpico de 1984. Para Guy Peixoto Jr, presidente da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), o ginásio Wlamir Marques tem uma história rica com o basquete.

"O ginásio do Corinthians é um local emblemático e histórico para o basquete brasileiro, com muitas passagens positivas, pois foi palco de diversos jogos sensacionais, incluindo inúmeras decisões, com grandes nomes do basquete brasileiro e mundial em quadra. Quem não se lembra daquela partida memorável entre Corinthians e Real Madrid, que é citada até hoje como uma das grandes atuações do notável Wlamir Marques, que, merecidamente, desde 22 de outubro de 2016, dá nome ao referido ginásio", afirmou o dirigente.

Para o ex-jogador Wlamir Marques, o retorno da seleção a São Paulo trará inúmeros benefícios ao basquete nacional. "É uma honra muito grande ter a seleção jogando no Corinthians e no ginásio que leva o meu nome. Há muito tempo o selecionado nacional não joga em São Paulo. Por isso, vejo com extrema importância essa aproximação com o público brasileiro, que voltará a se acostumar com esses jogos, o que é importante para a formação de novos ídolos", comentou.

Bruno Savigani, técnico do Corinthians e assistente técnico da seleção, também demonstra satisfação e alegria com a marcação dos jogos para o ginásio do Corinthians. "Muito bom o basquete do Corinthians voltando este ano com título da Liga Ouro e já disputando o Novo Basquete Brasil; de quebra com uma notícia maravilhosa dessa, no ginásio que leva o nome de um dos grandes da nossa seleção. Acho que vai ser uma bela festa e, com certeza, muito especial para mim, com a seleção e me sentindo mais em casa ainda, por estarmos no Corinthians; vai ser demais."

O Brasil ocupa atualmente a terceira colocação na classificação geral do Grupo F das Eliminatórias das Américas para a Copa do Mundo da China, somando seis pontos, em oito jogos realizados, com seis vitórias e duas derrotas.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.