Ginóbili aponta EUA e Espanha como favoritos ao ouro olímpico

Jogador não vê a Argentina, atual campeã olímpica, com chances de repetir o feito de 2004, em Atenas

EFE

29 de julho de 2008 | 13h50

O ala-armador Manu Ginóbili, do San Antonio Spurs, afirmou nesta terça que Estados Unidos e Espanha são os favoritos a suceder a Argentina com o ouro no torneio de basquete masculino dos Jogos Olímpicos de Pequim. "Atualmente a Espanha é melhor que nós, eles nos venceram bem por duas vezes. Nos Jogos, não há partida fácil", destacou o jogador dos Spurs.Ginóbili disse estar recuperado da lesão no tornozelo esquerdo que quase o tirou da disputa. Entretanto, ele reconheceu estar atrás em relação aos demais companheiros de seleção na vitória de 81 a 71 sobre o Irã no torneio Fiba Diamond Ball, em Nanquim (sul da China).Embora a equipe tenha vencido os iranianos, o argentino não se mostrou satisfeito com o desempenho e lamentou os muitos erros de ataque. "Devemos percorrer um longo caminho para conseguirmos ser a equipe que queremos", explicou Ginóbili, acrescentando que os jogadores sentem a pressão pelo bicampeonato olímpico, mas que a situação lhes agrada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.