Divulgação
Divulgação

Giovannoni lança associação de atletas de basquete

Ala da seleção e do Uniceub/Brasília pretende defender direitos dos atletas

Alessandro Lucchetti, O Estado de S. Paulo

15 de agosto de 2013 | 17h53

SÃO PAULO - A Associação de Atletas Profissionais de Basquetebol do Brasil (AAPB) foi lançada oficialmente ontem, no mesmo hotel onde a seleção brasileira masculina, que se prepara para a Copa América, está hospedada. O presidente é o ala Guilherme Giovannoni, ala do Uniceub/Brasília e da seleção.

A AAPB existe desde o final de 2008 - foi criada juntamente com a LNB (Liga Nacional de Basquete, que promove o campeonato Novo Basquete Brasil), mas não registrava atividades. "O nosso intuito não é só aquela coisa sindicalista de buscar direitos. O jogador tem direitos sim, mas também deveres", disse Giovannoni. "Nossa função é educá-los e ser uma linha direta entre clubes e atletas", diz o ex-atleta Douglas Viegas, diretor executivo da entidade.

A entidade tem a chancela da CBB (Confederação Brasileira de Basquete) e é reconhecida oficialmente como interlocutora, representando os jogadores. Em breve, receberá igual reconhecimento da LNB.

A AAPB já recebeu um convite do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) do basquete para compor a bancada do tribunal.

Uma das práticas que a AAPB pretende combater são os acordos meramente verbais entre clubes e jogadores, que são comuns. "Queremos passar orientação aos jogadores para não fazerem acordo de boca, o que deixa os atletas em situação jurídica precária", diz Viegas.

Giovannoni quer prestar orientação financeira aos atletas e futuramente, oferecer-lhes um sistema de previdência complementar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.