Cary Edmondson/ USA TODAY Sports
Cary Edmondson/ USA TODAY Sports

Golden State Warriors é campeão da Conferência Oeste e vai à final da NBA

Placar de 120 a 110 encerra confronto com o Dallas Mavericks; adversário da decisão será Boston Celtics ou Miami Heat

Redação, Estadão Conteúdo

27 de maio de 2022 | 01h08

O Golden State Warriors conquistou nesta quinta-feira o título da Conferência Oeste da NBA, ao vencer o Dallas Mavericks por 120 a 110, e fechar a série melhor de sete em 4 a 1. Agora, o time do técnico Steve Kerr aguarda o vencedor entre Boston Celtics e Miami Heat, cujo sexto jogo será disputado nesta sexta-feira. Boston lidera com 3 a 2.

Golden State e Dallas mais uma vez não tiveram um grande aproveitamento no primeiro quarto. Com isso, a disputa foi equilibrada, com o time da casa tendo o domínio da partida.

Do lado dos Warriors, os destaques foram Klay Thompson e Andrew Wiggins, enquanto Luka Doncic e Spencer Dimwiddie, este com duas cestas no final do quarto, marcaram seis pontos cada para a equipe de Dallas.

No segundo quarto, o time da casa aproveitou as várias falhas do Dallas para abrir boa vantagem no placar. Com Klay Thompson com a mão calibrada e Stephen Curry muito bem nas assistências, os Warriors chegaram a ter 67 a 46 no placar, mas acabaram fechando o segundo quarto com 69 a 52.

A terceira parte foi atípica, com dois momentos completamente distintos. No começo, a impressão é de que o jogo estava decidido. Tudo dava certo para os Warriors, que chegaram a ter 25 pontos de vantagem. Mas as bolas de Doncic começaram a cair, o esloveno fez 15 pontos no quarto e colaborou para o Dallas ter uma sequência final com 22 a 7, deixando o placar em 94 a 84 para o último quarto.

O Golden State Wariors veio mais concentrado para o último tempo, com destaque para Klay Thompson, o cestinha da partida, com 32 pontos, apesar do intenso esforço da equipe de Dallas, que teve Doncic com 28 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.