Divulgação
Divulgação

Guerrinha deixa Bauru após perder amistosos na NBA e vice Mundial

Técnico ficou 15 anos no time do interior paulista

Estadão Conteúdo

16 de outubro de 2015 | 15h53

O Bauru anunciou nesta sexta-feira, de forma surpreendente, a saída do técnico Guerrinha. O treinador estava em sua segunda passagem pelo basquete da cidade do interior paulista e eternizou seu nome na história do clube por conta dos serviços prestados ao longo de 15 anos.

Guerrinha é o único técnico que comandou uma mesma equipe nas sete edições do NBB já realizadas. Assumiu o projeto do Bauru quando ainda engatinhava no esporte e contribuiu para que o time chegasse a ser um dos principais do País e do continente. Por conta dos longos anos por lá, ganhou o título de cidadão honorário bauruense.

Nas últimas semanas, talvez tenha experimentado as principais glórias deste projeto, ao ficar com o vice-campeonato continental - inclusive vencendo uma das partidas diante do Real Madrid - e disputando duas partidas de pré-temporada da NBA nos Estados Unidos - derrotas para New York Knicks e Washington Wizards. Até por isso, a saída foi bastante surpreendente.

"Guerrinha não é mais o técnico do Paschoalotto/Bauru. O Comitê Gestor do Paschoalotto/Bauru Basket se reuniu nesta sexta-feira e comunicou o fim do ciclo de Jorge Guerra à frente da equipe", limitou-se a informar a diretoria bauruense através das redes sociais.

A primeira passagem de Guerrinha pelo Bauru rendeu o título nacional de 2002. Em 2006, o treinador retornou ao cargo. De lá para cá, faturou dois Paulistas (2013 e 2014), uma Liga Sul-Americana (2014), uma Liga das Américas (2015), além da terceira colocação no NBB em 2012/2013 e do vice-campeonato em 2014/2015.

"O Paschoalotto/Bauru enaltece a brilhante carreira e toda a dedicação de Jorge Guerra para com o time bauruense. O Comitê Gestor destaca o término de um ciclo de muitas conquistas dentro e fora das quadras. O Paschoalotto/Bauru e todo o basquete bauruense são imensamente gratos ao seu trabalho. Obrigado, Guerrinha!", escreveu o clube.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteBauruGuerrinhanbb

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.