Bradon Dill/AP
Bradon Dill/AP

Harden faz 41 pontos, mas Grizzlies batem Rockets e vencem a sexta seguida

Apesar de grande atuação, jogador não conteve o poderio do time de Memphis, que vence por 121 a 110

Redação, Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2020 | 08h26

O Memphis Grizzlies conseguiu superar mais uma noite produtiva de James Harden, que marcou 41 pontos, para ampliar a sua ótima fase e derrotar o Houston Rockets por 121 a 110, em casa, pela rodada de terça-feira da NBA. Assim, somou a sexta vitória consecutiva, ocupando o oitavo lugar na Conferência Oeste.

Tendo errado apenas um arremesso de quadra, o novato Ja Morant fez 26 pontos e deu oito assistências, enquanto Dillon Brooks marcou 24. Jonas Valanciunas acrescentou 19 pontos e Jaren Jackson Jr. fez 15, apesar de ter convertido apenas 6 de 16 arremessos de quadra pelos Grizzlies, que estenderam sua série de vitórias mais longa desde dezembro de 2016.

As equipes estavam empatadas em 95 a 95, com cerca de oito minutos restantes, quando os Grizzlies conseguiram uma sequência de 11 a 1, alimentada por cestas de três pontos de Solomon Hill, Brooks e Moran, praticamente definindo o triunfo.

Foi a quinta vez consecutiva que Harden marcou ao menos 40 pontos diante dos Grizzlies. Russell Westbrook foi poupado pelos Rockets, que ocupam a quinta colocação no Oeste. Eric Gordon terminou com 23 pontos, e Clint Capela somou 16 pontos e 16 rebotes.

Com a sua maior produção ofensiva nesta temporada - 43 pontos anotados em três quartos -, Kawhi Leonard conduziu o Los Angeles Clippers ao triunfo por 128 a 103 sobre o Cleveland Cavaliers, em casa, na noite de terça-feira. Kawhi jogou 29 minutos e converteu 14 de 22 arremessos de quadra, incluindo 6 de 10 tentativas de três.

Foi apenas a segunda vez desde 1996 que um jogador dos Clippers anotou 40 pontos nos três primeiros quartos de um duelo - o outro foi Lou Williams, com 40, contra o Golden State Warriors em 2018. Williams, aliás, acrescentou 24 pontos para os Clippers, que jogaram novamente sem o lesionado Paul George. Ainda assim, o time de Los Angeles venceu cinco dos últimos seis duelos e está em quarto lugar no Oeste.

Collin Sexton liderou os Cavaliers com 25 pontos e Cedi Osman acrescentou 21. O novato Darius Garland teve 14 pontos e 10 assistências, no primeiro "double-double" da sua carreira. O Cleveland é o antepenúltimo colocado da Conferência Leste.

Time mais embalado da NBA nesse momento, o Utah Jazz alcançou o décimo triunfo consecutivo ao bater o Brooklyn Nets por 118 a 107, em Nove York. Joe Ingles marcou 27 pontos e Rudy Gobert teve 22 pontos e 18 rebotes. Donovan Mitchell voltou de uma ausência de um jogo para marcar 25 pontos, 14 no quarto período, e Bojan Bogdanovic fez 18 pelo Jazz, que chegou a abrir vantagem de 20 pontos.

O Utah está na segunda posição no Oeste e ganhou 15 das últimas 16 partidas. Em seu segundo jogo após se recuperar de lesão no ombro, Kyrie Irving somou 32 pontos e 11 assistências pelo Brooklyn, o oitavo colocado do Leste.

Também pela rodada de terça-feira da NBA, o Milwaukee Bucks bateu o New York Knicks por 128 a 102 com 37 pontos e nove rebotes de Giannis Antetokounmpo. O Dallas Mavericks venceu fácil o Golden State Warriors por 124 a 97, com 20 pontos e oito rebotes de Luka Doncic e 21 pontos e seis rebotes de Dwight Powell.

Já o Atlanta Hawks contou com 36 pontos e dez assistências de Trae Young para derrotar o Phoenix Suns por 123 a 110. Devin Booker foi o cestinha da noite com 39 pontos para o time do Arizona.

Confira os jogos da rodada de quarta-feira da NBA:

Boston Celtics x Detroit Pistons

Philadelphia 76ers x Brooklyn Nets

Miami Heat x San Antonio Spurs

Oklahoma City Thunder x Toronto Raptors

Chicago Bulls x Washington Wizards

Minnesota Timberwolves x Indiana Pacers

Denver Nuggets x Charlotte Hornets

Houston Rockets x Portland Trail Blazers

Sacramento Kings x Dallas Mavericks

Los Angeles Lakers x Orlando Magic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.