Divulgação
Divulgação

Harlem Globetrotters enviam pedido para se tornarem uma franquia da NBA

Equipe é famosa por excursionar pelo mundo fazendo exibições de habilidade e humor

AFP, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2021 | 08h19

A equipe de basquete Harlem Globetrotters, famosa por excursionar pelo mundo fazendo exibições de habilidade e humor, enviou uma solicitação para se tornar uma nova franquia da NBA. Em carta enviada na segunda-feira ao comissário da liga, Adam Silver, os Globetrotters pediram que seu trabalho na divulgação do basquete pelo mundo fosse recompensado através da inclusão da equipe na NBA. 

"Como uma organização cuja história já está intimamente ligada à da NBA, os Harlem Globetrotters estão buscando um lugar na mesa que já deveria ter acontecido", disse o gerente geral dos Globetrotters, Jeff Muun, em um comunicado. 

"Nossos jogadores foram fundamentais para a integração da liga em 1949. Estamos orgulhosos de que nossos jogadores foram recrutados por times da NBA. Agora, depois de anos atraindo os melhores jogadores negros, é hora de a NBA reconhecer nossa contribuição para o esporte", escreveu na carta Muun. 

"Com a NBA já considerando a expansão, chegou a hora. Os Harlem Globetrotters estão prontos para negociar" sua entrada na NBA, acrescentou o dirigente. 

Silver alimentou especulações de que a NBA está considerando adicionar um 31º time à liga, ao declarar à ESPN em uma entrevista em dezembro passado que isso era "inevitável". O comissário então afirmou que "é uma espécie de destino manifesto para a liga expandir em algum momento." 

Seattle há muito é considerada a favorita para uma nova franquia da NBA. A cidade está sem um time desde que o Supersonics se mudaram para Oklahoma City em 2008 e teoricamente teria uma chance melhor do que os Globetrotters, já que Nova York possui dois representantes na Liga, os Knicks e os Brooklyn Nets. Os Globetrotters foram fundados em 1926 e são mais conhecidos como uma equipe de exibição itinerante que já disputou milhares de jogos em 122 países. 

A equipe contribuiu para vários momentos importantes na história da NBA, principalmente quando seu jogador Nathaniel Clifton se tornou o primeiro negro a ser contratado pela liga em 1950. No mesmo ano, outro globetrotter, Chuck Cooper, se tornou o primeiro jogador a atuar na NBA, pelo Boston Celtics.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.